Governo de SC veta o retorno do Campeonato Catarinense


Na noite da última terça-feira, o Governo de Santa Catarina negou a solicitação da Federação Catarinense de Futebol para retomar os jogos no estado a partir do dia 16 de maio.

No comunicado oficial aparece que o Governador de SC, Carlos Moisés, entrou em contato com a FCF e informou que, no momento, as autoridades de saúde, não recomendam aglomeração de pessoas ou atividades que possam gerar o contato físico.

A notícia caiu como um balde de água bem fria nos dirigentes, que tentavam retomar as competições locais, já que existe uma grande preocupação com a vida financeira dos clubes, que estão parados desde o início da pandemia no país.

De acordo com os dados oficiais, o estado de Santa Catarina teve 519 casos do coronavírus, com 44 mortes.

Campeonato Catarinense

No momento da pausa, o estadual de SC está no mata-mata. Os clubes esperam a retomada do torneio para disputar as quartas de final.

Veja abaixo o comunicado:

O Governo do Estado informa que indeferiu o pedido referente ao retorno gradual da atividade de futebol profissional em Santa Catarina.

O governador Carlos Moisés entrou em contato com o presidente da Federação Catarinense de Futebol (FCF), Rubens Angelotti, para comunicá-lo da decisão, e fez o mesmo com o presidente da Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina (SCclubes), Francisco Battistotti.

Na avaliação das autoridades estaduais de saúde, há impossibilidade de retomada das atividades coletivas, que gerem aglomeração ou contato físico, sob a alegação de que há risco iminente de propagação da Covid-19.














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também