Governo do Irã é acusado de enviar espiões ao Qatar para fiscalizar torcedoras na Copa do Mundo

(Foto: Fabrice Coffrini/ AFP)


Eliminado da Copa do Mundo após perder para os Estados Unidos, o Irã viveu dias de tensão fora das quatro linhas nos últimos dias. Como são proibidas de ir à um estádio de futebol em seu país natal, torcedoras iranianas protestaram nas arquibancadas dos jogos da seleção. Algumas delas, inclusive, acusam o regime de enviar espiões ao torneio para registrar qualquer tipo de manifestação.

- Eu não posso voltar ao Irã. Vivo em Dubai. Eles estão matando as pessoas no meu país. Matando mulheres. Usamos a Copa do Mundo como uma grande plataforma para exibir o que está acontecendo no Irã – disse uma torcedora iraniana ao GE.


- Nós apenas apoiamos os jogadores de futebol porque eles se recusaram a cantar o hino nacional no último jogo, então as pessoas mudaram de ideia para apoiá-los. Mas ainda somos contra o governo e avançamos fortemente com nosso movimento - afirmou.

+ Fifa estuda introduzir disputas de pênaltis na fase de grupos da Copa do Mundo em 2026

Segundo essas torcedoras, não era difícil identificar os espiões enviados pelo governo iraniano. De acordo com a jornalista Domitila Becker, que acompanhou Irã x Estados Unidos entre torcedores iranianos, foi possível perceber diversas agressões por parte dos possíveis agentes infiltrados.

+ Que confusão! Emissora francesa encerra transmissão antes de árbitro anular gol de Griezmann


Entenda os protestos

O Irã viu uma grave tensão política ser desencadeada em agosto, quando Mahsa Amini foi morta após ter sido presa. A jovem não havia coberto a cabeça com o véu, conforme mandam as leis no país para as mulheres. O episódio gerou intensos protestos dentro do país e a comunidade do futebol iraniano reagiu fortemente.

Desde 1981, nenhuma mulher tem a permissão para assistir a um jogo de futebol, mesmo que esteja acompanhada de um homem. Em 2019, o procurador-geral do país Mohamed Montezeri disse que se uma mulher assiste a homens com as pernas de fora praticando esportes estaria sendo guiada ao pecado.