Real supera ausências e se recupera no Espanhol com goleada

Eibar (Espanha), 4 mar (EFE).- Em baixa no Campeonato Espanhol por conta de más exibições nas três rodadas anteriores, o Real Madrid superou os desfalques, entre eles de Cristiano Ronaldo, e se recuperou com uma goleada sobre o Eibar por 4 a 1 fora de casa neste sábado, pela 26ª rodada.

O Real vinha de conquistar apenas quatro dos nove pontos disputados, o que gerou críticas de torcedores e de parte da imprensa espanhola e o fez ser ultrapassado pelo Barcelona.

No último dia 22, foi derrotado pelo Valencia por 2 a 1, em jogo atrasado. Quatro dias depois, no último domingo, perdia para o Villarreal por 2 a 0 e buscou uma vitória de virada por 3 a 2. Na quarta passada, os 'Blancos' perdiam para o Las Palmas até os minutos finais, mas ao menos arrancaram um empate.

Com o resultado obtido no Estádio Municipal de Ipurúa, o time dirigido por Zinedine Zidane voltou à ponta, com 59 pontos, dois a mais que o Barça, que ainda hoje enfrentará o Celta de Vigo no Camp Nou. O Eibar, por sua vez, ainda é sétimo colocado, com 39.

Zidane teve uma série de baixas para o jogo, como o zagueiro Raphael Varane e o lateral-esquerdo Fabio Coentrão, entregues ao departamento médico, e os atacantes Gareth Bale e Álvaro Morata, suspenso.

Além disso, poupou vários atletas para a partida da próxima terça contra o Napoli, pela Liga dos Campeões, entre eles o lateral-esquerdo Marcelo, o meia Kroos e o atacante Cristiano Ronaldo.

Entretanto, a equipe madrilenha não sentiu os desfalques e venceu com facilidade, abrindo 3 a 0 com menos de meia hora de partida. Aos 14 minutos do primeiro tempo, quando Asensio cruzou, o goleiro Yoel cortou mal e Benzema mandou para a rede.

O segundo também foi do francês, que, aos 25, aproveitou cobrança de falta de James Rodríguez e escorou para o gol. Quatro minutos depois, o centroavante retribuiu o presente e cruzou para o colombiano deixar o seu.

Na segunda etapa, o Real limitou-se a defender bem, atrair o adversário e contra-atacar e chegou ao quarto com essa arma. Aos 15 minutos, James acelerou pela direita e acertou a trave, mas o rebote ficou limpo para Asensio, que não vacilou e ampliou.

O Eibar insistiu e ao menos marcou o de honra, aos 26. Pedro León fez o chuveirinho e Rubén Peña assinalou seu primeiro gol com a camisa dos donos da casa. EFE