Governo argentino alerta para perigo de nuvem de gafanhotos chegar ao Brasil

Yahoo Notícias
Nuvem de gafanhotos está próxima ao Rio Grande do Sul (Foto: Getty Creative)
Nuvem de gafanhotos está próxima ao Rio Grande do Sul (Foto: Getty Creative)

Uma nuvem de gafanhotos na Argentina está se aproximando do Brasil, na fronteira com o Rio Grande do Sul. O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agro-Alimentar, o Senasa, do país vizinho fez um alerta sobre a possibilidade de avanço dos gafanhotos, que estão em territórios argentinos desde maio.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Leia também

O problema com os gafanhotos começou no Paraguai e, no dia 17 de junho, chegou à Argentina, na região de Santa Fé. Na última segunda-feira, o Senasa informou que, por causa dos fortes ventos, a nuvem deve chegar a Entre Rios.

Segundo o mapa divulgado, o alerta de os gafanhotos chegarem à Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, é de perigo. Na região de Santa Catarina, perto da fronteira com o Paraguai.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

De acordo com o jornal argentino Clarín, uma nuvem de gafanhotos como a que está sendo monitorada no país pode ter até 40 milhões de insetos por quilômetro quadrado. Os pastos são os grandes afetados, já que uma nuvem de um quilômetro quadrado pode comer o mesmo que 2 mil vacas em um dia.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também