Goleiros brilham e seguram empate entre Vasco e Botafogo

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Vasco e Botafogo bem que tentaram a vitória, mas os goleiros Gatito Fernandez e Martin Silva estavam muito inspirados e, com belas defesas, impediram que o zero saísse do placar. Assim, o empate sem gols perdurou pelos 90min. Montillo e Nenê foram os que mais sofreram com os 'paredões' adversários.

O resultado não foi bom para os dois. O Vasco caiu e assumiu a quarta colocação do Grupo C, com dois pontos após o segundo jogo. O Cruzmaltino encara o Madureira, na quarta, em São Januário.

O Botafogo, por sua vez, é o 3º do Grupo B com 4 pontos. O Alvinegro, agora, encara o Fluminense na quinta-feira, no Engenhão.

MILAGRE DE GATITO

Aos 18 minutos do primeiro tempo quando Gatito Fernandez virou o centro das atenções no clássico. O goleiro do Botafogo operou um milagre em dois tempos. Primeiro pegou cabeçada de Evander. Depois, no rebote, o chute a queima roupa de Nenê, que lamentou, com cara de espanto: "Como ele pegou essa bola, rapaz?".

Após a grande oportunidade do Vasco, o Botafogo respondeu ainda no primeiro tempo. Montillo fez tabela com Bruno Silva e chutou forte da entrada da área. O golaço só não ocorreu na prática porque Martin Silva fez grande intervenção e espalmou para escanteio.

VASCO

Martin Silva; Gilberto (Ederson), Jomar, Rafael Marques e Henrique; Jean, Douglas, Andrezinho e Nenê (Thalles); Evander (Yago Pikachu) e Luis Fabiano.

T.: Valdir Bigode (interino)

BOTAFOGO

Gatito; Marcinho, Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Airton (João Paulo), Bruno Silva, Camilo (Rodrigo Pimpão) e Guilherme (Sassá); Montillo e Roger.

T.: Jair Ventura

Estádio: Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)

Público: 9.345 presentes

Arbitragem: Grazianni Maciel Rocha (RJ)

Cartões amarelos: Jomar, Jean, Luis Fabiano e Nenê (VAS); Roger, Emerson Silva, João Paulo e Victor Luis (BOT)