Goleiro da Polônia ironiza '1% de chance' de classificação contra a França na Copa: 'Já é 1% a mais'

Kamil Bragara, goleiro da Polônia, atendeu a imprensa em Doha, no Qatar (Foto: Andrej Isakovic/AFP)


Nas oitavas de final da Copa do Mundo, a seleção da Polônia entrará como "azarona" no duelo com a França, neste domingo, no Estádio Al Thumama. Em entrevista nesta sexta, em Doha, o goleiro Kamil Grabara ironizou o "1% de chance" de classificação polonesa.

- A opinião pública diz que temos 1% de chance. Bom, é 1% a mais do que teríamos se não tivéssemos nos classificado - afirmou o goleiro da Polônia e do Copenhagen (DIN).

Entre os reservas da Polônia, Kamil Grabara está vendo "de camarote" as ótimas atuações do titular Szczesny, que já pegou dois pênaltis na Copa do Mundo. Na entrevista dada nesta sexta-feira, o reserva polonês elogiou o parceiro e projetou o duelo com a França.

- Perguntei a ele como é ser mais velho e jogar cada vez melhor. Se conseguirmos um bom resultado, Wojtek (apelido de Szczesny) poderá encerrar sua carreira na seleção com uma grande participação. Caso contrário, ainda teria a ideia de ir para a próxima Copa.

- Estaremos preparados ao máximo para a partida. Todo mundo sabe que tipo de jogadores os franceses têm, sabemos que não será um jogo fácil. Eu não sei o que podemos tirar do estilo japonês. Certamente o resultado - completou Kamil Grabara.