Golaço, expulsão e polêmica: Real Madrid vence 'El Clásico' que teve um pouco de tudo

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

O jogo mais aguardado do final de semana na Europa entregou tudo que dele se esperava. E, como no primeiro turno, quem acabou rindo por último foi o torcedor merengue: com uma exibição de gala especialmente na etapa inicial, o Real Madrid venceu o Barcelona por 2 a 1, impondo ao arquirrival sua primeira derrota nos últimos 20 jogos de Campeonato Espanhol.

O gigante catalão vinha de seis triunfos consecutivos em LaLiga e assumiria a liderança isolada em caso de triunfo, mas acabou sendo dominado pelo rival merengue nos primeiros 45 minutos, o que acabou sendo o diferencial para o resultado final. A escolha de Zidane por Valverde no lugar de Asensio foi cirúrgica e fez com que o Real dominasse inteiramente o setor de meio-campo

Valverde teve ótima atuação no primeiro tempo | JAVIER SORIANO/Getty Images
Valverde teve ótima atuação no primeiro tempo | JAVIER SORIANO/Getty Images

Um pouco de tudo no 'El Clásico'

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Jogo grande que se preze tem que ter um pouco de tudo, e foi isso que vimos no Alfredo Di Stéfano. O cartão de visitas foi o golaço de Karim Benzema aos 14' da etapa inicial, completando de letra o cruzamento perfeito de Lucas Vázquez, após bela jogada individual de Valverde. Uma trama em alta velocidade e de altíssima sintonia entre os jogadores merengues. Toni Kroos, em cobrança de falta que desviou em dois jogadores rivais, ampliou para 2 a 0.

No segundo tempo, o Barcelona conseguiu equilibrar o confronto, descontando através de gol de canela do jovem zagueiro Mingüeza. Casemiro foi expulso nos minutos finais do clássico por receber o segundo amarelo após entrada dura, deixando o Real com um a menos nos acréscimos. Ainda houve tempo para enorme reclamação dos jogadores blaugranas por um suposto pênalti de Mendy em Braithwaite, mas o lance sequer culminou em revisão do árbitro de campo na cabine do VAR.

Braithwaite foi levemente puxado por Mendy, mas o juiz não marcou nada | Angel Martinez/Getty Images
Braithwaite foi levemente puxado por Mendy, mas o juiz não marcou nada | Angel Martinez/Getty Images

Com este resultado, a briga pelo título de LaLiga está mais acirrado do que nunca: o Atlético de Madrid lidera com 66 pontos, mesma pontuação do Real Madrid, agora segundo colocado. O Barcelona é o terceiro, com 65. Importante ressaltar que os Colchoneros ainda atuam na rodada, enfrentando o Real Betis no domingo (11).