Golaço: Botafogo e Flamengo promovem ação social conjunta sobre pessoas desaparecidas

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

O esporte é recorte da sociedade e precisa caminhar, de mãos dadas, com as demandas e realidades da mesma. Por isso é tão importante que clubes de futebol entendam sua função social e abracem/patrocinem iniciativas que tragam algum retorno coletivo positivo. E foi isso que Botafogo e Flamengo fizeram nesta noite de quarta-feira (24), antes da bola rolar no Estádio Nilton Santos, para o clássico válido pela 5ª rodada do Carioca 2021.

Quando as duas equipes adentraram o gramado do Nilton Santos, inúmeros torcedores nas redes sociais perceberam que algo estava errado: apenas seis alvinegros e seis rubro-negros saíram dos vestiários em direção ao campo para a disputa do clássico, imagem que gerou repercussão imediata e grande curiosidade. Em seguida, os atletas dos dois clubes desfraldaram as faixas de conscientização da causa de pessoas desaparecidas.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O impacto gerado pela imagem dos seis jogadores adentrando o gramado, e não os tradicionais onze de cada lado, mexeu com diversos torcedores nas redes sociais. A ação conjunta teve boa recepção e gerou bastante reflexão.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De acordo com o Anuário de Segurança Pública de 2020, cerca de 217 pessoas desaparecem por dia no Brasil. Em 2019, foram contabilizados nada menos do que 79.275 desaparecimentos no país. Se você tem informações que podem ajudar a encontrar pessoas desaparecidas, procure o Disque Denúncia através desde link.