Após gol, Gabriel minimiza reserva e exalta torcida

O Flamengo mostrou força na estreia da Libertadores ao golear o San Lorenzo-ARG. Um dos autores dos gols da vitória rubro-negra foi o atacante Gabriel. O jogador entrou no segundo tempo, mas teve tempo acertar as redes. O ponta comemorou a boa atuação e minimizou o momento entre os reservas.

“Tenho jogado bem, com boas participações. É bom ter a confiança do treinador. Estou aqui para ajudar, independente de ser titular ou não. Sei que lá fora a catimba é maior, o jogo é mais puxado. Temos que trabalhar bem” disse.

Gabriel está no clube há algumas temporadas, mas nunca se firmou entre os titulares. O atacante conviveu com muitas críticas da torcida, mas destacou que muitas vezes ocupa papel tático em campo.

“Sempre tive relação boa com a torcida. Nunca deixei de trabalhar. Sei o que posso fazer dentro de campo. Às vezes não apareço tanto pela parte técnica, mas mais pela tática. As coisas vêm fluindo e fazer gols é importante para mim, além das jogadas de efeitos e passes. Se tiver que marcar, vou fazer lá atrás” declarou.

Por fim, o jogador exaltou a festa da torcida que lotou o Maracanã. Gabriel revelou que demorou a dormir após a partida.

Veja mais:

Berrío aproveita chance no Flamengo e cria “problema” para Zé Ricardo

Flamenguistas valorizam goleada, mas pedem “pés no chão”

“Foi uma linda festa, tanto que demorei a dormir, pois a adrenalina foi muito alta. A torcida empurrou o tempo inteiro. Aquilo deu força para gente, mas eles fazem isso sempre. Mas foi diferente, o mosaico foi fora do normal”. comentou.

O Flamengo já voltou aos treinos, pois volta a campo neste sábado, pela primeira rodada da Taça Rio, contra a Portuguesa, no Raulino de Oliveira. Para esta partida, a tendência é a de que o técnico Zé Ricardo opte por poupar alguns titulares, pois os rubro-negros vão enfrentar a Universidad Catolica na próxima semana, no Chile.