Gol de bicicleta marca noite de vitória histórica do Inter na Libertadores; veja o lance

·2 minuto de leitura

Alguém anotou a placa? Pois o que vimos no Beira-Rio na noite desta quarta-feira (5) foi um atropelamento. Jogando o fino da bola, o Internacional não tomou conhecimento de um dos clubes mais tradicionais do continente, goleando o Olimpia (PAR) sem dó e nem piedade: 6 a 1, gols de Cuesta, Edenílson, Yuri Alberto, Caio Vidal e Thiago Galhardo (2x). Derlis González, ex-Santos, anotou o gol de honra dos visitantes.

O placar elástico diante de um adversário de camisa pesada - mesmo em má fase, estamos falando de um tricampeão de Libertadores -, rendeu muitos elogios da opinião pública ao time gaúcho e, obviamente, muita euforia junto ao torcedor colorado. Vale destacar que a goleada desta noite entrou para a história como a maior vitória do clube nesta competição: superou os 6 a 2 aplicados contra o Peñarol (URU), na edição de 1989.

Cuesta mais uma vez teve grande atuação pelo Colorado | Pool/Getty Images
Cuesta mais uma vez teve grande atuação pelo Colorado | Pool/Getty Images

Taison maestro e pintura de Caio Vidal

Vestindo a histórica camisa 10 colorada, Taison fez a sua reestreia como jogador do Inter e foi muito bem: se movimentou bastante, chamou jogo, deu quatro passes decisivos ('key passes') e criou uma chance clara de gol, estatísticas levantadas pelo SofaScore. Pela atuação e pelo placar final, trata-se de uma noite que ficará guardada pra sempre na memória do meia-atacante.

Outro jogador que não esquecerá desta noite de 5 de maio é o jovem atacante Caio Vidal. Escolhido por Ramírez para substituir Taison aos 27' da etapa final, o garoto precisou de apenas oito minutos em campo para deixar a sua marca e em grandíssimo estilo: com uma linda bicicleta, anotou o último gol colorado na partida. Veja o lance:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com a bela vitória, o Colorado foi aos seis pontos conquistados em nove possíveis, assumindo a liderança isolada do grupo B da Libertadores. Os comandados de Miguel Ángel Ramírez voltam a campo já no próximo sábado (8), quando encaram o Juventude pelo jogo da volta da semifinal do Gauchão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos