Gol, assistências e cartão no início: os brasileiros no clássico Real Madrid x Barcelona

Dois brasileiros estiveram em campo no maior clássico do mundo na atualidade. O triunfo do Barcelona sobre o Real Madrid, por 3 a 2, em pleno Santiago Bernabéu, contou com as presenças de Marcelo e Casemiro, já que Neymar (titular dos catalães) cumpriu suspensão. A dupla teve até algum protagonismo no duelo, mas cometeu alguns erros, sobretudo o meio-campista.

O início de Casemiro, peça fundamental na forma de jogar do time de Zinedine Zidane, foi muito bom. O jogador deu proteção ao sistema defensivo e ainda teve a incumbência de iniciar o jogo do time mandante.

Casemiro Real Madrid 23042017

Contudo, cometeu um erro aos 12 minutos e teve que se resguardar em termos defensivos. O volante aplicou carrinho em Lionel Messi, recebeu cartão amarelo e teve que reduzir o ímpeto nas divididas, sobretudo quando teve o camisa 10 do Barça pela frente.

Se, por um lado, o volante da Seleção Brasileira teve que diminuir o seu ímpeto na marcação, por outro, se apresentou muito bem no setor ofensivo. Não é à toa que ele abriu o placar aos 28 minutos da etapa inicial. O atleta aproveitou sobra em finalização de Sergio Ramos e estufou a rede adversária.

A necessidade de melhorar o setor defensivo e ter um atleta que não estivesse pendurado fez com que Zinedine Zidane efetuasse uma mudança e tirasse Casemiro de campo no tempo final. Kovacic o substituiu aos 70.

Casemiro, contudo, não foi o único atleta do Brasil em campo na partida. Marcelo também esteve em campo e teve uma atuação de destaque. O lateral esquerdo criou boas chances pelo lado do campo que levaram problemas para o goleiro Marc André ter Stegen.

Defensivamente, o craque protagonizou um lance polêmico. Ele acertou cotovelada no nariz de Lionel Messi aos 20 minutos de partida, o que obrigou o craque argentino a receber atendimento médico. Na ocasião, o árbitro sequer assinalou infração, mas as imagens televisivas mostram o que houve, conforme imagem abaixo.

Lionel Messi Marcelo Real Madrid Baercelona LaLiga 23042017

Cristiano Ronaldo e Karim Benzema foram os principais agraciados com os passes por elevação. O problema é que ambos perderam as principais chances. No segundo tempo, depois da expulsão de Sergio Ramos, Zidane optou pela entrada de James Rodríguez na vaga do atacante francês. O colombiano teve uma chance criada por Marcelo e não desperdiçou. Após o cruzamento do lateral da Seleção Brasileira, o camisa 10 mandou para o fundo da rede de ter Stegen.