Goiás x Corinthians: árbitro relata xingamentos de Roberto de Andrade na súmula

Arbitragem ao lados dos capitães de Goiás e Corinthians (Foto: Rosiron Rodrigues / Goiás)


Goiás e Corinthians empataram em 0 a 0 no Serrinha pelo Brasileirão. Mesmo sem gols, o jogo foi movimentado, e a arbitragem teve protagonismo ao anular um gol de Yuri Alberto aos 46 minutos do segundo tempo, em impedimento duvidoso. Após o jogo, Paulo Cesar Zanovelli da Silva amarelou Fábio Santos e Vítor Pereira, e relatou xingamentos por parte de Roberto de Andrade, diretor de futebol do Timão.

+ Dupla de ataque vai mal no empate do Corinthians; veja notas

No documento oficial da partida, o árbitro mineiro apontou que depois do apito final, diretores corintianos ficaram próximo ao acesso do vestiário da equipe de arbitragem protestando contra as decisões da arbitragem.

Zanovelli frisou que Roberto de Andrade proferiu as seguintes palavras: "Vocês são vagabundos e ladrões. isso é uma vergonha, vão se fu...".

Em pronunciamento oficial, o diretor de futebol do clube alvinegro pediu que Wilson Seneme, presidente da comissão de arbitragem da CBF, renunciasse.

+ Veja tabela e simule a reta final do Brasileirão

Para justificar os cartões dados para Fábio Santos e Vítor Pereira após o apito final, Zanovelli disse na súmula que ambos reclamaram de forma acintosa contra as decisões da arbitragem.

Horas após o término da partida, a CBF divulgou o áudio da conversa entre o árbitro de campo e Igor Junio Benevenuto de Oliveira, responsável pelo VAR.

Agora, o Corinthians inicia a preparação para encarar o Flamengo. O duelo pela 35ª rodada será na quarta-feira (2), às 21h30, no Maracanã.