Goiás vence o Remo fora de casa e volta para o G-4

·3 min de leitura


Em pleno estádio Baenão, em Belém, em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Goiás venceu o Remo pelo placar de 1 a 0 e voltou ao G-4. O gol saiu aos 22 minutos, após bobeada da defesa do time paraense, Alef Manga foi oportunista e marcou o tento da vitória da equipe Esmeraldina.

Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Com o resultado da partida, o Goiás foi para 61 pontos, saltou para 3ª colocação e entrou de novo no G-4 faltando duas rodadas para acabar o Campeonato Brasileiro da Série B. Já o Remo fica com 41 pontos, no 16º lugar e está muito ameaçado para o rebaixamento.

CALENDÁRIO
Na próxima rodada, o Remo visita o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro, dia 19 de novembro, às 19h00. Já o Goiás enfrenta o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, dia 22 de novembro, 20h00.

PRIMEIRO TEMPO
A partida
JOGO COMEÇA MOVIMENTADO NO BAENÃO
Os primeiros 15 minutos de Remo e Goiás foram bastante movimentados. Aos 3 minutos, Matheus Oliveira teve uma ótima oportunidade para marcar em belo arremate, mas o goleiro Tadeu fez uma grande defesa. Mas o Remo não ficou só nessa chegada. Dois minutos depois, Felipe Gedoz teve chance em cobrança, mas acabou batendo por cima do gol.

A resposta do Goiás veio aos 13 minutos. Caio Vinícius encontrou Alef Manga dentro da área. O atacante bateu bem, mas o goleiro Vinícius conseguiu defender. Aos 17, nova finalização de Alef Manga, nova defesa do goleiro Vinícius.

JOGO FICA TRUNCADO E CHANCES DE GOL DESAPARECEM
A partida caiu de rendimento depois do início movimentado. Os dois times passaram a praticar um jogo muito mais brigado do que jogado e as oportunidades de gol simplesmente desapareceram, enquanto as faltas e os cartões amarelos apareceram bastante.

REMO MELHORA E QUASE MARCA ANTES DO INTERVALO
O jogo parecia caminhar para um fim de primeiro tempo com pouca emoção, mas, aos 38 minutos, o time do Remo resolveu criar em dois minutos duas grandes oportunidades para marcar.

Aos 38 minutos, Anderson Uchoa arriscou de fora da área e quase marcou após a bola desviar em David Duarte. Na cobrança de escanteio, aos 39, Romércio acertou bela cabeçada, mas Tadeu operou um milagre e salvou os Esmeraldinos.

SEGUNDO TEMPO
GOLEIRO TADEU SALVA O GOIÁS
Na volta para etapa complementar, logo aos 2 minutos, o goleiro Tadeu voltou a salvar o time do Goiás. Victor Andrade recebeu passe, limpou a jogada e bateu firme. O goleiro Esmeraldino salvou praticando outra grande defesa.

UMA CHANCE PARA CADA LADO
A partida estava muito movimentada no segundo tempo. O Goiás resolveu atacar o Remo e poderia ter marcado, aos 6 minutos, mas a falta cobrada por Elvis parou no goleiro Vinícius, que fez bela defesa.

A resposta do Remo surgiu aos 8 minutos. Felipe Gedoz acertou um excelente cruzamento. Igor conseguiu acertar a cabeçada, mas a bola acabou indo por cima do gol do goleiro Tadeu, do Goiás.

GOIÁS ABRE O PLACAR NO CONTRA-ATAQUE
O jogo continuava com os dois times especulando bastante, mas o gol não saia. Os treinadores resolveram mexer nos times aos minutos. Só que nem deu tempo de observar se as alterações iriam mudar algo na partida, pois o Goiás marcou o gol praticamente em seguida.

Aos 22 minutos, após tentativa de passe, o defensor do Remo acabou falhando. A bola sobrou para Alef Manga, que saiu na cara do goleiro Vinícius. O atacante do time Esmeraldino só teve o trabalho de tirar do goleiro e correr para o abraço: 1 a 0 para o Goiás.

REMO VAI PARA O TUDO OU NADA, MAS O GOIÁS SEGURA A PRESSÃO E FICA COM A VITÓRIA
Após o gol, o Remo demorou para conseguir assimilar o baque. Mas quando se reencontrou na partida, o time Paraense foi para cima com tudo em busca do empate. Foram várias chegadas, só que o time do Goiás foi firme na defesa e conseguiu segurar a pressão, garantir os três pontos e com isso voltar ao G-4.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos