Goiás vence Brusque e assume vice-liderança da Série B

·4 minuto de leitura


Na noite desta quinta-feira (19), o Goiás foi até Santa Catarina e venceu o Brusque por 1 a 0 em partida válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Alef Manga foi o autor do gol que deixou o Esmaraldino na vice-liderança do torneio ao final do 1° turno.

Agora, as duas equipes voltam a campo no próximo domingo (22), em jogos válidos pela 20ª rodada do Brasileirão Série B. Às 16h, o Goiás recebe o Sampaio Corrêa. Enquanto isso, às 20h30, o Brusque visita a Ponte Preta, em Campinas.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Pecou na finalização
Os primeiros minutos no Augusto Bauer foram de muita conversa. Com as duas equipes parando o adversário nas faltas, o árbitro precisou falar muito e travar o jogo para controlar os ânimos. Com a bola rolando, ambas tentaram pressionar a saída do rival.

A primeira chance real de gol saiu somente aos 13 minutos. Alex Ruan recebeu em velocidade, aplicou um chapéu no zagueiro Reynaldo e finalizou. Tadeu conseguiu espalmar. Na sobra, sem marcação, Garcez chegou batendo de primeira e isolou.

Tadeu 2 x 0 Alex Ruan
Com mais posse de bola, o Brusque foi, aos poucos, se tornando o dono do jogo em Santa Catarina. Aos 23 minutos, Alex Ruan aproveitou sobra de escanteio e finalizou de primeira, sem deixar cair. Mesmo com o quique da bola, Tadeu conseguiu fazer a defesa.

Tímido no jogo, o Goiás não conseguia impor seu estilo de jogo e abusava dos erros quando tinha a bola. Em uma das poucas jogadas que teve até os 30 minutos, o Esmeraldino chegou com Alef Manga pelo lado direito. O atacante tentou tocar para Apodi, que aparecia livre no meio, mas viu o passe ser desviado por Claudinho e morrer nas mãos de Zé Carlos.

Goiás finalmente chega
​A reta final do 1° tempo seguiu mostrando um Brusque mais ativo no confronto e buscando a todo instante o ataque. Enquanto isso, o Goiás seguiu mais recuado e esperando a oportunidade para sair nos contra-ataques para buscar o gol.

Depois de muito esperar e errar passes cruciais, o time goiano finalmente conseguiu finalizar no gol. Aos 43 minutos, Alef Manga foi acionado pelo lado direito e tentou um chute quente, que explodiu nas mãos de Zé Carlos, levando o 0 a 0 para o intervalo.

Primeira chance do artilheiro
A volta do intervalo mostrou duas equipes completamente opostas do que foram na etapa inicial. Desse modo, a bola ficou mais com o Goiás, que trabalhou passes no campo ofensivo, ainda que não tenha criado nenhuma chance real de marcar.

Por outro lado, quem chegou com perigo foi o Brusque. Aos 9 minutos, Edu fez tabela pela direita e recebeu novamente dentro da área. De primeira, o artilheiro da Série B tentou colocar no canto esquerdo de Tadeu, mas mandou para fora.

Artilheiro erra lá, artilheiro marca cá
​Depois da chance de Edu, o jogo caiu de ritmo e só foi voltar a ter emoção a partir dos 26 minutos. Logo após entrar no Brusque, Diego Mathias tentou um chute de longe que passou rente à trave de Tadeu.

Porém, quem conseguiu balançar as redes foi o Goiás. Alef Manga recebeu pelo lado esquerdo, levou para o meio e bateu. A bola ainda desviou em Sandro e morreu no gol defendido por Zé Carlos. Nos lances seguintes, o Esmeraldino ainda teve chances de ampliar com Albano e Fellipe Bastos, mas ambos pecaram na finalização.

Trave da vitória
Atrás do placar, a equipe da casa partiu para o "abafa" e se lançou com tudo ao campo de ataque. Sem muita criatividade e espaços para chegar pelo chão, o Brusque apelou para a bola aérea e as chances nas faltas.

Já nos acréscimos, Thiago Alagoano quase deixou tudo igual. O camisa 10 cobrou uma falta próxima da área e acertou a junção das traves. Na sobra, Sandro tentou colocar de cabeça no canto, mas mandou para fora, fechando o placar em 1 a 0 para os visitantes.

FICHA TÉCNICA
BRUSQUE 0 X 1 GOIÁS
Local
: Estádio Augusto Bauer, em Brusque-SC
Data/Horário: 19 de agosto de 2021 (quinta-feira), às 19h
Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo (MS) e Cicero Alessandro de Souza (MS)
Gol: Alef Manga (30'/2°T) (0-1)
Cartões amarelos: Zé Carlos, Alex Ruan, Edu (Brusque), Alef Manga, Iago Mendonça (Goiás)

BRUSQUE: Zé Carlos; Nonato (Sandro, aos 29'/2°T), Ianson, Claudinho e Airton (Fio, aos 16'/2°T); Rodolfo Potiguar, Alex Ruan, Bruno Alves (Diego Mathias, aos 26'/2°T) e Garcez; Thiago Alagoano e Edu. Técnico: Jerson Testoni.

GOIÁS: Tadeu; Apodi (Fellipe Bastos, aos 29'/2°T), Reynaldo, Iago Mendonça e Hugo; Rezende, Caio e Elvis (Albano, aos 29'/2°T); Dieguinho, Nicolas (Daniel Oliveira, aos 41'/2°T) e Alef Manga. Técnico: Marcelo Cabo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos