Goiás fica no empate com o Bragantino e está rebaixado para a Série B

LANCE!
·2 minuto de leitura


O rebaixamento do Goiás está decretado. Na Serrinha, o Verdão ficou no empate sem gols com o Bragantino e chega aos 37 pontos, quatro a menos que o Bahia, primeiro time fora do Z4. O Massa Bruta é o 11º, com 50 pontos.

+ CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Calendário

Na rodada final do Brasileirão, o Goiás visita o Vasco da Gama, em São Januário. O Bragantino recebe o Grêmio, no Nabi Abi Chedid.

Braga no ataque

O início do jogo teve pressão do Bragantino. Intenso, o Massa Bruta colocou seu ritmo de jogo e encurralou o Goiás. O volume de jogo fez o goleiro do Verdão trabalhar e Marcelo Rangel apareceu pelo menos duas vezes para salvar.

Reação Verde

Aos poucos o Goiás saía para o jogo e começava a tomar conta do meio campo. Com imposição física, o time esmeraldino assustou com Heron de cabeça e teve a melhor oportunidade com Vinicius. Porém, o atacante girou em cima da marcação e bateu justamente onde estava o goleiro Cleiton.

Desespero Esmeraldino

Com a necessidade de buscar o triunfo para continuar vivo, o Goiás se lançou ao ataque, mas faltava qualidade na hora de concluir as jogadas. Na melhor oportunidade, Fernandão encontrou Shaylon, que bateu rente ao poste de Cleiton.

GOIÁS 0 X 0 RED BULL BRAGANTINO
Local: Serrinha, Goiânia (GO)
Data-Hora: 27/4/2019 – 19h
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Leirson Peng Martins (RS) e Lucio Beiersdorf(RS)
VAR: Rafael Traci(SC)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Daniel Oliveira, Shaylon (GOI), (BGT)
Cartões vermelhos: –
Gols: (’/1ºT)

GOIÁS: Marcelo Rangel; David Duarte, Fábio Sanhces e Heron (Daniel Oliveira, ao 0/2ºT); Shaylon, Henrique Lordelo (Iago Mendonça, aos 36/2ºT), Vinicius (Gustavinho, aos 23/2ºT), Miguel Figueira (Índio, aos 23/2ºT) e Jefferson (Douglas Baggio, aos 40/2ºT); Fernandão e Rafael Moura. Técnico: Glauber Ramos.
RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan (Leandrinho, aos 43/2ºT), Fabrício Bruno, Ligger e Luan Cândido; Raul, Ryller (Lucas Evangelista, aos 9/2ºT) e Claudinho; Artur, Ytalo (Hurtado, aos 43/2ºT) e Vitinho (Ramires, aos 27/2ºT). Mauricio Barbieri.