Goiás e América-MG brigam até os acréscimos e ficam no empate no Campeonato Brasileiro

GOIÂNIA, GO, 26.10.2022: GOIÁS-AMÉRICA-MG - Partida entre Goiás e América-MG, válida pelo Campeonato Brasileiro 2022, realizada no estádio Serrinha, em Goiânia (GO), nesta quarta. (Foto: Isabela Azine/Agif/Folhapress)
GOIÂNIA, GO, 26.10.2022: GOIÁS-AMÉRICA-MG - Partida entre Goiás e América-MG, válida pelo Campeonato Brasileiro 2022, realizada no estádio Serrinha, em Goiânia (GO), nesta quarta. (Foto: Isabela Azine/Agif/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Goiás brigou até os minutos finais, e conseguiu garantir o empate por 2 a 2 com o América-MG na noite desta quarta-feira (26), no estádio da Serrinha, em Goiânia, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time mineiro chegou a ficar à frente no placar duas vezes, com gols de Aloísio e Wellington Paulista, mas o rival goiano buscou a igualdade com Vinícius e Diego.

Com o resultado, os anfitriões foram ao 13º lugar, com 42 pontos, enquanto o América-MG caiu para o décimo lugar, com 46 pontos, dificultando a briga por uma vaga na Libertadores de 2023.

O América-MG começou a partida levando mais risco aos anfitriões, criando oportunidades com Juninho e Cáceres, enquanto o elenco esmeraldino manteve uma postura reativa.

Ao final da primeira etapa, o clube mineiro perdeu Everaldo, lesionado. Aloísio entrou no lugar, e abriu o placar aos 15 minutos do segundo tempo, de pênalti. No entanto, os anfitriões buscaram a reação e igualaram com Vinícius apenas dois minutos depois.

Os visitantes quase garantiram a vitória no final, quando Wellington Paulista recebeu cruzamento e bateu para a rede, aos 44. O elenco esmeraldino seguiu no contra-ataque, e selou a igualdade nos acréscimos, aos 48 minutos, com gol de Diego.

Agora, o Goiás se prepara para enfrentar o Corinthians, neste sábado (29), na Serrinha, em partida atrasada pela 32ª rodada. O América-MG, por sua vez, recebe o Internacional no dia 2.

GOIÁS

Tadeu; Maguinho (Nicolas), Caetano, Lucas Halter e Hugo (Danilo Barcelos); Auremir (Matheus Sales), Diego e Caio Vinicius (Felipe Bastos); Dadá Belmonte (Pedro Junqueira), Vinícius e Pedro Raul. Técnico: Jair Ventura

AMÉRICA-MG

Matheus Cavichioli; Raúl Cáceres, Germán Conti, Éder e Danilo Avelar (Patric); Juninho, Alê e Matheusinho (Arthur); Felipe Azevedo (Índio Ramírez,), Everaldo (Aloísio) e Gonzalo Mastriani (Wellington Paulista). Técnico: Vagner Mancini

Estádio: Serrinha, Goiânia (GO)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Daniel do Espírito Santo Parro (ambos do RJ)

VAR: Daniel Nobre Bins (VAR-Fifa/RS)

Cartões amarelos: Maguinho e Auremir; (GOI), Matheusinho, Aloísio e Patric (AME),

Gols: Aloísio (AME), aos 15', Vinícius (GOI), aos 17', Wellington Paulista (AME), aos 44', e Diego (GOI), aos 48'/2ºT