Golfada, Galvão irritado e palavrão ao vivo: empate da Seleção feminina na Olimpíada pena com gafes

·2 minuto de leitura


O empate em 3 a 3 entre a Seleção Brasileira feminina e a Holanda, pelos Jogos Olímpicos, divertiu os torcedores. Além do emocionante embate em campo, a transmissão do jogo pela Globo reuniu uma coletânea de gafes que chamou a atenção de quem acordou cedo para conferir. A atacante e comentarista Cristiane soltou um xingamento ao vivo, Júnior foi "sincerão" após falha da goleira Bárbara e o narrador Galvão Bueno não deixa barato um erro da transmissão olímpica internacional no segundo gol adversário.

+ Tabela da fase de grupos da Seleção feminina nas Olímpiadas

+ ATUAÇÕES: Brasil é superior contra Holanda, mas fica no empate

A atacante Cristiane aceitou o desafio de estrear como comentarista esportiva durante a Olimpíada de Tóquio e foi um show a parte. Após viralizar em sua primeira transmissão exibindo seu filhote, desta vez, no empate do Brasil com a Holanda ela acabou recebendo um jato de golfo do pequeno Bento. A blusa da artilheira acabou sujando, mas logo o problema foi resolvido.

Contudo, não foi a única vez que Cris Rozeira animou a torcida. Um passarinho de estimação da atleta em sua casa deu outro show ao fundo sonoro. E, quando o Brasil, nos minutos finais, tomou o terceiro gol holandês, Cristiane emendou um xingamento ao vivo: "P... merda", enquanto Galvão entoava um tristonho grito de gol.

E por falar no narrador, Galvão não desculpou a transmissão internacional dos Jogos Olímpicos. Após o segundo gol da Holanda contra o Brasil, o locutor esportivo reclamou da ausência de "qualidade" na exibição, dando a entender que estaria fora do "padrão Globo de qualidade". Em outro momento, Galvão acabou precisando "acalmar" a repórter de campo Lizandra Trindade.

Desesperada com as três substituições da técnica Pia Sundhage, Lizandra teve dificuldade para responder ao narrador quais eram as mudanças. Por fim, ainda teve o ex-jogador e comentarista Júnior "sincerão" com uma falha da goleira do Brasil. Após Galvão medir palavras no erro que resultou no terceiro gol do adversário, o ex-Flamengo brincou: "Tem um termo antigo", disse que Bueno; "Mão de alface", completou o ex-Seleção.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos