Bayern goleia Dortmund com 2 de Lewandowski e "gol padrão" de Robben

Berlim, 8 abr (EFE).- Derrotado pelo Hoffenheim na última terça-feira, o Bayern de Munique demonstrou neste sábado que não deixou se abalar pelo mau resultado, se recuperou e manteve a vantagem de dez pontos na liderança do Campeonato Alemão com uma goleada sobre o Borussia Dortmund por 4 a 1 na Allianz Arena.

A equipe da casa contou com grande atuação de Lewandowski, que marcou dois gols contra seu ex-time, um de Ribéry e um de Robben, em seu melhor estilo, levando da direita para o meio antes de chutar.

Com isso, o Bayern já soma 58 pontos, contra 48 do segundo colocado, o RB Leipzig, que jogou em casa diante do Bayer Leverkusen e levou a melhor por 1 a 0. Já o Dortmund continua em quarto lugar, com 50 pontos, e só não lamenta mais porque o Hoffenheim, terceiro, parou nos 51 porque perdeu para o Hamburgo por 2 a 1 no campo do adversário.

A equipe bávara teve um começo de partida fulminante e abriu 2 a 0 com dez minutos de bola rolando. Aos quatro minutos, Thiago Alcântara tocou para Lahm, que colocou no meio da área para Ribéry arrematar e fazer o primeiro. O segundo foi de Lewandowski, que, aos dez, cobrou falta com categoria para superar o goleiro Bürki.

Sem se darem por vencidos, os 'Aurinegros' diminuíram aos 20 minutos. Após o levantamento, Vidal cortou mal, para a entrada da área, e Raphael Guerreiro acertou um lindo chute no ângulo direito.

Foi apenas um lampejo. O Bayern continuou melhor e, embora não tenha aumentado a vantagem no primeiro tempo, o fez na etapa final. Logo aos quatro minutos, Robben desceu pela direita, deixou dois marcadores na saudade com cortes para a esquerda e fez a bola morrer no cantinho.

Mais tarde, aos 23, Lewandowski sofreu pênalti de Bürki. O próprio centroavante converteu a cobrança e mais vez fez valer a chamada "lei do ex".

Na Red Bull Arena, tudo indicava um empate sem gols, mas o Leipzig arrancou a vitória por 1 a 0 graças a Poulsen, que balançou a rede aos 48 minutos do segundo tempo. Com isso, o time anfitrião obteve o terceiro triunfo consecutivo, enquanto o Leverkusen venceu apenas uma vez nas últimas sete rodadas e caiu para a 12ª posição, com 35 pontos, a seis da zona de rebaixamento.

Imediatamente atrás da equipe do brasileiro Wendell aparece o Hamburgo, que bateu o Hoffenheim por 2 a 1 no Volksparkstadion e foi a 33 pontos. O grande nome do jogo foi Hunt, autor de dois gols. Kramaric, de pênalti, assinalou o dos visitantes.

Cada vez mais perto da zona de rebaixamento, o Wolfsburg foi goleado pelo Schalke 04 por 4 a 1 em Gelsenkirchen e estacionou nos 30 pontos, um a mais que o antepenúltimo colocado, o Augsburg, que neste domingo irá à capital visitar o Hertha Berlim. Já os 'Azuis Reais' subiram para a décima posição, com 37. EFE