Globo 'pechincha' e quer renovar contrato com a CBF pela Copa do Brasil por um preço mais barato

·1 minuto de leitura


A Globo apresentou uma proposta para a CBF com o objetivo de renovar o contrato com a Copa do Brasil, que é válido até a edição de 2022. A emissora paga atualmente R$300 milhões por ano, o que ao fim do contrato atual vai totalizar um pagamento de R$1,5 bilhão pagos pelo torneio. A informação foi publicada pelo portal 'Notícias da TV'.

+ Veja o chaveamento da Copa do Brasil!

Tendo em vista as dificuldades impostas pela pandemia, a Globo decidiu sinalizar um valor menor para a renovação do produto que chegou ao patamar atual graças a necessidade de inflar o preço por causa da concorrência do Esporte Interativo, atual TNT Sports. A Globo, no inicio do torneio, pagava 'apenas' um terço do que destina hoje a competição.

Mesmo abaixando o preço, a Globo não cogita a hipótese de perder o torneio, que apresenta uma audiência muito alta em suas fases finais, devido a perca de alguns torneios tradicionais como a Libertadores, e também por causa do fortalecimento de outros canais como o SBT. A Globo quer ser a cara do futebol brasileiro e manter a competição, assim como o Brasileirão, em seu portfólio.

A Copa do Brasil paga mais do que o valor recebido para o vencedor do Brasileirão. A CBF destina R$ 50 milhões ao campeão, R$ 20 milhões ao vice, R$ 8 milhões aos semifinalistas, além de R$ 4 milhões pela participação nas quartas de final. O clube que disputa as fases iniciais e que consegue chegar ao título pode somar, ao fim, o valor de R$ 68,7 milhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos