Globo é criticada por preferir ginástica a Calderano na transmissão

·1 minuto de leitura
Hugo Calderano foi eliminado nas quartas de final do tênis de mesa (Jung Yeon-Je/AFP via Getty Images)
Hugo Calderano foi eliminado nas quartas de final do tênis de mesa (Jung Yeon-Je/AFP via Getty Images)

Hugo Calderano caiu nas quartas de final do tênis de mesa na Olimpíada de Tóquio, mas nem todos os brasileiros puderam acompanhar integralmente a partida desta manhã de quarta-feira. Quem dependia da TV Globo não viu, por exemplo, a reta final do duelo.

Isso porque a rede detentora dos direitos de transmissão dos Jogos fez uma clara opção de priorizar a ginástica artística, que vivia simultaneamente a final do individual geral masculino. O tênis de mesa foi televisionado na íntegra apenas no SporTV.

Leia também:

A decisão revoltou os internautas, que não pouparam críticas à emissora nas redes sociais. O principal motivo da ira foi a decisão de não transmitir o sexto e decisivo set do tênis de mesa, que selou a derrota de Calderano.

“Depender da transmissão da Globo é irritante. Eu não quero saber do chinês (da ginástica), eu quero saber do Calderano, o brasileiro”, escreveu um perfil no Twitter. “Com todo o respeito à ginástica, mas eu quero ver o jogo do Calderano, p...”, comentou outro.

O brasileiro chegou a abrir 2 a 0 sobre o alemão Dimitrij Ovtcharov, momento no qual a Globo também cortou a transmissão da partida, mas levou a virada e caiu por 4 sets a 2. Se vencesse, Calderano entraria de vez na disputa por medalha.

Enquanto isso, na ginástica, os dois brasileiros na disputa da final em nenhum momento se aproximaram da briga por pódio. Caio Souza foi o 17º colocado. Já Diogo Soares terminou em 20º. O ouro ficou com o japonês Daiki Hashimoto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos