Globo define repórteres que estarão na Copa do Qatar e nos Jogos Olímpicos de Paris; veja lista!

·1 minuto de leitura


A Rede Globo definiu as equipes de reportagem que estarão nos principiais eventos esportivos dos próximos anos como Copa do Mundo do Qatar, em 2022, e os Jogos Olímpicos de Paris, em 2024. Outros correspondentes como Carlos Gil, do Japão, deixarão seus postos. A informação foi publicada pelo 'Uol Esportes'.

Na Copa do Mundo a responsabilidade ficará com Eric Faria, acompanhado do repórter cinematográfico Marcelo Bastos e o produtor Victor Pozella. A equipe já 'se muda' para o Qatar em setembro de 2022, três meses antes do torneio. Eric já cobriu três Copas pela Globo (2010, 2014 e 2018) e acompanha a Seleção Brasileira desde 2004.

+ Veja a tabela do Brasileirão!


Para os Jogos Olímpicos de Paris, a Globo está enviando o repórter Marcelo Courrege e a produtora Renata Heilborn. Eles moravam na Inglaterra e ficaram em Paris até o fim de 2022. Em janeiro de 2023, Guilherme Pereira e Lorena Dillon assumem os postos. Guilherme já trabalho nos Jogos do Rio (2016) e na Copa do Mundo da Rússia (2018).

Correspondentes:
​Carlos Gil deixa Tóquio após quatro anos a partir de outubro, quando fecha o ciclo trabalhando no Campeonato Mundial de Ginástica Artística. Por lá, ele ficou responsável por levar ao público brasileiro notícias locais na preparação para os Jogos e sobre a pandemia da covid-19.

Guilherme Rosenguini deixa os Estados Unidos e retorna ao Brasil no fim do primeiro semestre de 2022. André Galindo assume a função de correspondente em Nova York. Ele se junta ao produtor Camilo Pinheiro Machado e ao repórter cinematográfico Luiz Novaes, que já moram nos Estados Unidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos