Antes da estreia, Glenda Kozlowski anuncia saída de reality sobre futebol no SBT

Yahoo Vida e Estilo
A apresentadora Glenda Kozlowski. Foto: reprodução/Instagram/glendakozlowski
A apresentadora Glenda Kozlowski. Foto: reprodução/Instagram/glendakozlowski

Antes mesmo da estreia do reality show “Uma Vida, um Sonho”, a jornalista Glenda Kozlowski anunciou sua saída do projeto. O programa que selecionaria um jovem jogador de futebol para um clube na Europa foi anunciado inicialmente para maio e teve as gravações suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus. Com isso, a previsão de estreia foi adiada para outubro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

A apresentadora, que havia deixado a TV Globo após 23 anos no fim do ano passado, comunicou a decisão em suas redes sociais.

Leia também:

“Gostaria de dividir com vocês uma decisão importante. Estou me afastando do reality de futebol ‘Uma Vida, Um Sonho’. Ao SBT, faço questão de agradecer o carinho e respeito que sempre teve comigo desde o início. À LCA, empresa responsável pelo reality, desejo muito sucesso na realização do programa. Aos jogadores selecionados, quero que aproveitem cada minuto desta oportunidade e que todos consigam brilhar ainda mais com novas oportunidades no futebol profissional”, escreveu Glenda no Instagram.

Na sessão de comentários, os seguidores manifestaram seu apoio à jornalista. “Nossa torcida é por você!”, escreveu uma fã. “Melhor jornalista esportiva do país”, elogiou outro. “Que uma nova frente de trabalho venha logo. O seu talento não pode ficar longe dos holofotes! Sucesso, Glenda!”, declarou um terceiro.

Segundo o colunista Maurício Stycer, do Uol, a saída de Glenda foi motivada por uma divergência salarial durante o período de suspensão das gravações. No SBT, a maior parte dos apresentadores concordou com a proposta de redução de 25% nos rendimentos nessa situação.

A jornalista anunciou sua saída da Globo em outubro de 2019 e, dois meses depois, assinou contrato com a emissora de Silvio Santos.

Leia também