Gisele Bundchen e Tom Brady terão participação em corretora de criptomoedas FTX

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Gisele Bundchen e Tom Brady em evento de gala em 2018
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - A supermodelo brasileira Gisele Bundchen e seu marido, o astro do futebol americano Tom Brady, irão assumir participações na plataforma norte-americana de criptomoedas FTX Trading, anunciou a empresa nesta terça-feira.

Com o acordo, Brady também irá se tornar um embaixador da FTX e Bundchen irá assumir o cargo de consultora de iniciativas ambientais e sociais da empresa. Os dois irão receber uma quantidade não especificada de criptomoedas, afirmou a empresa.

Fundada e liderada por Sam Bankman-Fried, um bilionário de 29 anos veterano das criptomoedas, a FTX negocia alavancar 1 bilhão de dólares em uma "valuation" de 20 bilhões, de acordo com informações da imprensa.

Brady, heptacampeão do Super Bowl, há muito é defensor das criptomoedas. No mês passado, ele editou sua foto de perfil no Twitter com um meme de "olhos de laser", uma marca popular na Internet entre entusiastas de criptomoedas.

No início do ano, Brady disse que iria lançar uma plataforma de NFT chamada Autograph que reuniria marcas icônicas dos esportes, entretenimento, moda e cultura pop para criar colecionáveis digitais.

(Reportagem de Niket Nishant em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos