Giroud iguala recorde de gols da França em goleada por 4 x 1 sobre a Austrália

Giroud chuta de voleio para fora em vitória da França sobre a Austrália

Por Julien Pretot

AL WAKRAH, Catar (Reuters) - Olivier Giroud se igualou a Thierry Henry como maior artilheiro de todos os tempos da França ao marcar dois gols que ajudaram os atuais campeões mundiais a iniciar a defesa do título em grande estilo com uma vitória por 4 x 1 sobre a Austrália, pelo Grupo D, nesta terça-feira.

Giroud balançou as redes antes e depois do intervalo, chegando a 51 gols com a camisa da França. Adrien Rabiot e Kylian Mbappé anotaram os outros gols da França, que começou a partida levando um susto com um gol de Craig Goodwin para a Austrália logo no início.

Os "Bleus" são os primeiros defensores do título a vencerem sua partida de estreia desde o Brasil em 2006, o que já os colocou em boa posição para avançar da fase de grupos, algo que a Itália em 2010, a Espanha em 2014 e a Alemanha em 2018 não conseguiram.

A França, que perdeu o lateral Lucas Hernández por lesão no joelho no lance em que sofreu o gol, tem três pontos e lidera a chave à frente de Tunísia e Dinamarca, que têm um ponto cada depois de um empate sem gols mais cedo nesta terça.

A seleção francesa do técnico Didier Deschamps, que começou o torneio com a decepção do corte por lesão do atacante Karim Benzema no sábado passado, enfrentará a Dinamarca no próximo sábado.

Giroud, que foi escalado como titular devido à ausência de Benzema, precisou de 115 partidas para marcar seus 51 gols pela França, enquanto Henry precisou de 123 jogos de 1997 a 2010.

Além dos quatro gols marcados, a França criou mais chances através de Theo Hernández --que substituiu o irmão lesionado Lucas-- e Ibrahima Konaté, mas o resultado foi bastante satisfatório, tendo em vista que em 2002 os franceses começaram a defesa do título com uma derrota por 1 x 0 para o Senegal e foram eliminados na primeira rodada.

(Reportagem de Julien Pretot, Toby Davis e Nick Mulvenney)