Giovinazzi comenta sobre a possibilidade de três GPs na Itália: "Seria muito legal, sou um grande apoiador"

Adam Cooper
motorsport.com

Com a segunda metade do calendário 2020 da Fórmula 1 em aberto, a Itália pode chegar a um número recorde de 3 GPs em uma mesma temporada. Além do GP da Itália em Monza, o GP da Toscana em Mugello está próximo de ser confirmado e Ímola busca entrar no meio. Para o único italiano do grid, Antonio Giovinazzi, ter três provas em casa seria algo muito legal.

Segundo informações, Mugello deve sediar o GP da Toscana em 13 de setembro, uma semana depois do GP da Itália e, mesmo com Portimão, em Portugal, estar mais próximo de receber uma prova, Ímola não foi descartada ainda, apesar de haver problemas com o layout da entrada dos pits.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

Hamilton rebate fala polêmica de Ecclestone: "Faz sentido porque nada foi feito para tornar o esporte mais diverso"F1: Mugello deve sediar GP 1.000 da Ferrari, diz siteHill defende aposentadora de Vettel após 2020: "Se você está no topo, o único caminho é ladeira abaixo"

Ambas as pistas italianas tentaram vender seus casos essa semana ao sediar testes com equipes da F1: a Ferrari andou em Mugello e a AlphaTauri em Ímola.

A última vez que a Itália recebeu mais de um GP foi em 2006, o último ano do GP de San Marino em Ímola.

"Eu estou muito feliz em ouvir isso, porque, para mim, ter três corridas na Itália é algo que nunca acontecerá novamente", disse Giovinazzi ao podcast oficial da F1. "Eu seria o primeiro italiano a correr três provas na Itália em um ano".

"Seria muito legal. Não sabemos ainda, mas sou um grande apoiador. Infelizmente não será igual ao ano passado, porque as pessoas fazem muita diferença para mim, os fãs, os tifosi. E, infelizmente, as pessoas não estarão ali".

"Mas eu seria muito feliz se pudesse correr na Itália ao longo de três semanas consecutivas. Eu fico muito animado com essa notícia. Vamos ver como ficará, mas, como já disse, sou um apoiador".

Giovinazzi disse que gosta das três pistas: "São locais fantásticos. Certamente em Monza eu tive muita experiência por lá, várias corridas. Foi meu primeiro GP da Itália no ano passado. Então, para mim, é uma pista especial".

"Mugello eu acho que seria uma pista incrível com esse carro novo da F1. Deve ser incrível também fazer uma volta de classificação lá. Mas Ímola também tem muita história, é uma pista muito rápida e estreita. Eu quero correr em todas, porque são pistas fantásticas".

Raio-X de Hamilton: veja a metamorfose e as histórias inéditas do maior piloto da F1 na atualidade

PODCAST: F1 pronta para volta! Sérgio Sette Câmara explica como será protocolo detalhado

Your browser does not support the audio element.

Leia também