Giovanni troca golaços com Guilherme em treino após “fico”

O torcedor do Corinthians se empolgou com a possibilidade de o clube trocar o meia Giovanni Augusto pelo colorado Valdívia, mas a vontade do jogador em permanecer no Alvinegro falou mais alto. Confiante na possibilidade de jogar em alto nível e justificar os R$ 13 milhões gastos em sua contratação, o armador mostrou-se bastante contente no treinamento desta terça, no CT Joaquim Grava, e até “trocou” golaços com outro renegado do elenco: o também meia Guilherme.

Em treinamento realizado pelos reservas enquanto os titulares faziam o tradicional “treino fantasma” com o técnico Fábio Carille, a dupla roubou a cena. Enquanto Giovanni comandou o time com colete, fazendo dois gols e articulando as principais jogadas, Guilherme mostrou bastante desenvoltura como centroavante da equipe sem colete, anotando quatro vezes, uma delas em um belo gol de bicicleta.


Golaço de Guilherme durante o treino! #VaiCorinthians #Corinthians #Treino #Trabalho #CTDrJoaquimGrava #Timão #FielTorcedor #Caixa #NikeFutebol #EstrellaGalicia #MindsIdiomas #minds10anos #AlcatelMobile #Foxlux

Uma publicação compartilhada por Corinthians (@corinthians) em Abr 4, 2017 às 1:30 PDT





 

O lance foi tão bonito que o atleta recebeu aplausos dos outros jogadores. Como o auxiliar Osmar Loss fez um intervalo na atividade logo na sequência para que alguns atletas tomassem água, o próprio Giovanni pôde ir diretamente ao companheiro e cumprimentá-lo de forma efusiva, com muitos sorrisos de ambas as partes. “Boa, Guilherme, muito boa”, incentivou Loss, pedindo para os jogadores retomarem o foco na sequência.

Mesmo com o bom desempenho, porém, os dois ficaram fora da lista de relacionados para a partida desta quarta-feira, contra a Universidad de Chile, no estádio de Itaquera, às 21h45 (de Brasília). Justificando a ausência pelo fato de ter apenas 7 nomes para colocar no banco e precisar de opções para o sistema defensivo, o técnico Fábio Carille fez questão de dizer que dará uma chance para os dois.

“O Giovanni não é mais menino, sabe como funciona uma equipe grande, já jogou no Atlético-MG, que é um time de muita pressão. Cabe a nós agora colocá-lo quando ele tiver bem. Se não fizermos isso é um erro nosso e pode prejudicá-lo. Ele bastante comprometido, como ele está sendo neste ano, vai ter uma chance”, comentou o treinador, mantendo o tom para falar de Guilherme.

“Chamamos a atenção para os erros, elogiamos quando acerta, é assim que eu trato todos. Daqui a pouco vai começar o Brasileiro, não tem limite inscrições. Treinando bem, vão para campo. Já sabem muito bem quais são as obrigações. Sabemos que o Guilherme não vai marcar tanto, mas ele tem qualidade para nos ajudar lá na frente. Giovanni tem que retomar o seu melhor preparo físico. Os dois vão jogar”, concluiu.