Ginasta russo é punido por usar símbolo da guerra no pódio

Russo ficará afastado de competições oficiais durante um ano por usar símbolo de guerra no pódio. Foto: Getty Images
Russo ficará afastado de competições oficiais durante um ano por usar símbolo de guerra no pódio. Foto: Getty Images

A Federação Internacional de Ginástica (FIG) sancionou o ginasta russo Iván Kuliak com um ano sem competir por ter usado a letra " Z " na camisa durante a competição da Copa do Mundo e na entrega da medalha, símbolo da intervenção militar da Rússia na Ucrânia.

Um painel da comissão disciplinar da FIG decidiu que Kuliak "violou os estatutos da organização, código de ética, código de conduta e regulamentos técnicos" quando vestiu o "Z" em março passado em Doha.

Leia também:

"O Sr. Kuliak não pode participar de nenhum evento ou competição aprovado pela FIG, organizado por uma federação afiliada por um ano", afirmou em comunicado.

Além disso, o atleta russo está desclassificado da FIG Apparatus World Cup em Doha e devolverá a medalha de bronze e o prêmio em dinheiro de 500 francos suíços (cerca de 2.500 reais) pelas custas do processo instaurado contra ele.

A FIG, no entanto, absolveu a chefe da delegação russa, Valentina Rodionenko, e o treinador, Igor Kalabushkin.

Kulyak pode recorrer da decisão em 21 dias, algo que a Rússia já anunciou que fará. O ginasta gravou o 'Z' na frente de seu uniforme de competição, atravessado no peito, onde deveria estar a bandeira russa. Em conformidade com as sanções internacionais ao esporte russo, os ginastas só podiam competir sem seus símbolos nacionais.

Em desafio às regras, Kuliak , que foi medalhista de bronze nas provas paralelas, vencidas pela ucraniana Illia Kovtun, competiu e subiu ao pódio com o ' Z ', não apertou a mão de Kovtun e tentou sair do a foto conjunta dos medalhistas, até ser obrigado a comparecer.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos