Ginasta campeão olímpico e autor de posts antivacina morre vítima da Covid

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ginasta húngaro Szilveszter Csollány, campeão olímpico em Sydney-2000 e mundial em 2002, morreu na segunda-feira (24) aos 51 anos, vítima da Covid-19.

De acordo com a imprensa do seu país, o medalhista de ouro nas argolas foi hospitalizado em novembro e passou várias semanas em um ventilador.

Antes de ser internado, o ex-atleta, que também foi medalhista de prata em Atlanta-1996, fazia publicações com discurso antivacina no Facebook. Ainda assim, segundo os médicos, ele tomou uma dose do imunizante da Janssen pouco antes de adoecer, por conta de uma obrigatoriedade profissional.

"O ginasta campeão olímpico alcançou excelentes resultados não apenas como atleta, mas também como um excelente marido e um pai muito bom", disse a Federação Húngara de Ginástica.

"Deus esteja com você, campeão", escreveu o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, no Facebook.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos