Gilberto se torna um dos 20 maiores artilheiros da história do Bahia

·1 minuto de leitura


Bahia e Red Bull Bragantino fizeram um dos jogos mais movimentados do fim de semana no Campeonato Brasileiro. O empate em 3 a 3 teve golaços, gols anulados, virada no placar, bola na rede perto do fim e teve também um artilheiro inspirado: Gilberto. O camisa 9 marcou duas vezes e ainda deu o passe para o tento anotado pelo volante Jonas, que fechou o placar.

Com os dois gols marcados, Gilberto chegou a 69 pelo time baiano em apenas três anos. Com isso, entrou no top 20 dos maiores artilheiros da história do clube, superando Cláudio Adão e Tintas, ambos com 68, e igualando na 20ª posição com Romeu. Carlito, com 233 bolas na rede, segue isolado no topo.

De quebra, o centroavante se isolou também como o segundo maior goleador do Bahia na história do Brasileirão. Com 33 gols marcados, Gilberto deixou para trás Nonato, célebre atacante do início dos anos 2000, com 31, e se aproximou de Douglas Franklin, que defendeu a equipe na década de 70, e que lidera a artilharia com 35 tentos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos