Gilberto fala em carreira política e Arthur dispara: "Só voto se for 13"

Bárbara Saryne
·1 minuto de leitura
Os brothers jogaram conversa fora na beira da piscina (Foto: Reprodução/Globo)
Os brothers jogaram conversa fora na beira da piscina (Foto: Reprodução/Globo)

Gilberto e Arthur especularam o futuro deles após o 'BBB 21' na manhã desta sexta-feira (9). O assunto surgiu depois que o economista contou que sonhou com os orientadores do seu doutorado. 

Arthur elogiou a dedicação do brother aos estudos e sugeriu que Gil utilize o conhecimento acadêmico para seguir carreira política. "Se você virar político, o seu número vai ser 13 (número que representa o PT). Aí eu voto em você. Se for outro eu não voto não", avisou o crossfiteiro, aos risos. 

Leia também

Bem-humorado, Gilberto concordou com o posicionamento político. "Se subir um pouquinho eu nem me candidato. Não tenho talento para essas coisas", afirmou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Arthur é visto como "petista" desde o anúncio dos participantes da temporada. Antes da estreia, internautas perceberam que o brother seguia o ex-presidente Lula nas redes sociais e votaram muito para que ele ficasse entre os imunizados pelo público na primeira semana.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Em março, Arthur teve um papo com Pocah e garantiu torcer pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A revelação foi feita após Carla Diaz pedir para a cantora falar seus sonhos em voz alta para atraí-los. “Final, pódio, carro e impeachment”, disse ela, que recebeu o apoio de Arthur na mesma hora.