Giannis Antetokounmpo e seus números assustadores na temporada 2019-20

Yahoo Esportes
Giannis Antetokounmpo em partida do Milwaukee Bucks. (Foto: Stacy Revere/Getty Images)
Giannis Antetokounmpo em partida do Milwaukee Bucks. (Foto: Stacy Revere/Getty Images)

Não é nenhuma novidade que o grego Giannis Antetokounmpo é um dos melhores jogadores em atividade na NBA. MVP da última temporada, o ala do Milwaukee Bucks tem impressionado no início da campanha de 2019-20, com números ainda mais incríveis do que os credenciaram ao prêmio no ano passado.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Nos primeiros 17 jogos dos Bucks na temporada, a estrela conseguiu melhorar suas médias em quase todas as principais estatísticas, além de ter adicionado um arremesso de três pontos um pouco mais confiável e que começa a ser indicativo de que ele pode ser ainda mais mortal em quadra quando aperfeiçoar este fundamento.

Leia também:

Sem aumentar a média de minutos em quadra, Giannis tem marcado em média 31,1 pontos, incríveis 13,9 rebotes, além de 6,4 assistências por jogo, contra 27,7 pontos, 12,5 rebotes e 5,9 assistências na temporada passada, quando Milwaukee produziu a melhor campanha da NBA.

O ponto de atenção são os lances livres, nos quais o grego tem sofrido como nunca antes na carreira, acertando apenas 60,1% das tentativas da marca. No ano passado, por exemplo, o número era de 72,9%, e que foi uma queda em relação às temporadas anteriores.

Os Bucks são donos da segunda melhor campanha da NBA, com 14 vitórias e apenas três derrotas, e venceram os últimos oito jogos que disputaram, tomando a ponta da Conferência Leste que esteve com o Boston Celtics nas últimas semanas.

Na oitava vitória consecutiva, inclusive, Antetokounmpo teve sua melhor partida da temporada até aqui: foram 50 pontos, 14 rebotes e 6 assistências diante do Utah Jazz, acertando 68% dos arremessos livres, 3 bolas de três pontos e ainda não desperdiçando a posse nenhuma vez na partida toda. A última vez que esses números fora produzidos na NBA foi com Michael Jordan em 1989.

Em um ano em que as estatísticas parecem ainda mais infladas graças ao ritmo de jogo acelerado que a NBA tem adotado e às bolas de três pontos, mais uma vez o Greek Freak consegue se destacar e mais uma vez despontar como candidato a MVP da liga.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter |Flipboard |Facebook |Spotify |iTunes |Playerhunter

Leia também