Gerente da base do Vasco, Rodrigo Dias explica demissão do técnico da equipe sub-20 e cita reformulação


Vitoriosa nos últimos anos, as categorias de base do futebol masculino do Vasco vivem um momento de crise. Especialmente o time sub-17, que perdeu a final do Campeonato Brasileiro para o Flamengo, e o sub-20, que vive momento ruim. O técnico Alexandre Gomes foi demitido, inclusive. Há menos de três meses no cargo, o gerente geral da base, Rodrigo Dias, avaliou a saída do treinador.

- Infelizmente, não deu certo (com o Alexandre). Inicialmente, nos primeiros jogos, nós tivemos bons resultados, mas nos últimos jogos, infelizmente as coisas acabaram não acontecendo. Nos chamou a atenção a falta de evolução da equipe nos aspectos necessários, muito mais do que somente os resultados. Passo aqui minha gratidão ao Alexandre, um ser humano fantástico e grande profissional - ponderou Rodrigo em entrevista ao site "ge".

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

A base sofreu perdas de profissionais desde a saída de Carlos Brazil, então gerente da pasta, para o Corinthians. O clube vem reformulando e ajustando. Rodrigo Dias lembrou também a necessidade de redução de custos.

- Estamos nesse processo de remontagem. Precisamos fazer uma readequação no nosso planejamento inicial e isso demanda tempo. O desafio é ajustarmos tudo no meio de campeonatos e jogos, causando o menor impacto possível. E lembrando que há uma demanda de reduzirmos em 25% o orçamento que vinha sendo praticado na base, em nome da viabilidade financeira do clube - completou o dirigente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos