Gerard Piqué ataca Real Madrid e Florentino Pérez rebate o zagueiro

Real Madrid e Barcelona não têm uma boa relação e isto não é novidade no mundo do futebol. O zagueiro Piqué atacou a equipe merengue em entrevista após a vitória da Espanha sobre a França, em amistoso, e reacendeu a rivalidade entres os clubes. Nesta quinta-feira, Florentino Pérez, presidente do Real, respondeu o atleta do Barça em evento que anunciava um novo patrocinador.

Piqué, na saída do confronto contra a França, foi explosivo ao falar do rival: “Eu jamais trabalharia para o Real Madrid. Do Madrid não gosto dos valores que transmite, os jogadores aprecio muito e são meus amigos”, disse. Ainda, no mesmo momento, questionou as pessoas que condenam Messi e Neymar por irregularidades na declaração dos impostos.

“Para mim, o que não gosto sobre o assunto Madrid é ver em sua tribuna personalidades que fazem o país se mover. A pessoa que condenou Messi e Neymar e causalmente tem um trato diferente com Cristiano Ronaldo está na tribuna, ao lado do Florentino Pérez. Não gosto do que transmite”, polemizou.

O mandatário do Real, porém, não deixou barato. No evento em que anunciava a parceria com uma empresa telefônica, rebateu as acusações: “Nossa equipe é admirada por ter uma história cheia de desafios. Nosso clube é respeitado pelos princípios que formam o DNA de sua camisa e escudo, valores que representam e são a base do Real Madrid: espírito de superação, de nunca se render, humildade, respeito e convicção de que uma vitória trará outras”, respondeu.

Em comunicado oficial, o departamento jurídico do Real afirmou que “a resposta será dada no clássico” do dia 23 de abril, pelo Campeonato Espanhol, no Santiago Bernabéu, e que não pretende entrar na justiça contra o jogador.