Georginho revela nervosismo por estreia no Jogo das Estrelas do NBB

George Lucas Alves de Paula, ou simplesmente Georginho, é um dos principais nomes da nova geração do basquete brasileiro. Aos 20 anos, o armador do Paulistano vem chamando a atenção na atual temporada do NBB e, com isso, foi escolhido pela primeira vez para participar do Jogo das Estrelas do torneio, que será realizado no próximo domingo, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Durante um evento realizado na manhã desta sexta para divulgar o Jogo das Estrelas do NBB, Georginho falou com exclusividade à Gazeta Esportiva. O armador revelou que não imaginava que fosse escolhido pelo público para integrar o time do NBB Brasil, mas espera dar o melhor de si em quadra.

“Estava muito calmo, mas agora estou ficando um pouco nervoso, porque está bem próximo e estou vendo que é mesmo real. Tudo está me deixando muito fascinado, e eu nunca tinha estado nesse ambiente antes. Sinceramente, não acreditava que eu pudesse estar aqui, mas tenho bastante gente me apoiando e acreditando em mim, e espero que até o dia do jogo eu consiga relaxar para fazer um bom espetáculo”, declarou.

Na atual temporada do NBB, primeira que atua pelo Paulistano, Georginho tem média de 12 pontos, 4.3 assistências e 4.3 rebotes por jogo. Além disso, o atleta de Diadema, principalmente em 2015, esteve na mira da NBA, sendo observado por pessoas da liga norte-americana. Mesmo assim, o armador prefere deixar os pés do chão, e afirma que essa pressão não o atrapalha mais.

“Eu senti a pressão há dois anos, mas eu já passei por bastante coisa. Então hoje eu não deixo isso me influenciar mais, e a melhor coisa que eu posso fazer é me manter concentrado para fazer o meu jogo, não importa quem esteja me assistindo. Acho que assim eu consigo me dar bem”, prosseguiu.

Aliás, quando se trata da principal liga de basquete do mundo, Georginho não esconde sua principal inspiração: Russell Westbrook, estrela do Oklahoma City Thunder e um dos principais jogadores da NBA, que já anotou 34 triplos-duplos na atual temporada. O brasileiro afirmou que busca se espelhar no norte-americano.

“Acho que, hoje, Westbrook é o armador mais completo da NBA. Com certeza (se inspira nele), ele é muito intenso, tem bom arremesso e boa visão de jogo, e acho que isso é essencial para qualquer armador que queira se dar bem no basquete de alto nível hoje”, finalizou Georginho.

*Especial para a Gazeta Esportiva