George Russell vence Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1

O piloto britânico George Russell, da Mercedes, venceu neste domingo o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, no circuito de Interlagos, à frente de seu companheiro de equipe e compatriota, Lewis Hamilton, e do espanhol Carlos Sainz, da Ferrari.

Russell, que largou na 'pole position' depois de vencer a corrida sprint de sábado, manteve a liderança de ponta a ponta para conseguir a primeira vitória de sua carreira na F1.

- Safety car inicial -

O início da corrida deste domingo foi marcada por um acidente na primeira volta envolvendo o australiano Daniel Ricciardo (McLaren) e o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas), que obrigou a entrada do 'safety car' na pista.

Na retomada da prova, o atual campeão, o holandês Max Verstappen (Red Bull), que largou em terceiro, tentou ultrapassar Hamilton, mas acabou tocando o carro do britânico.

Ambos os pilotos saíram da pista, embora Hamilton tenha conseguido continuar e se manter na disputa, enquanto Verstappen, mais prejudicado, teve que ir aos boxes para trocar a asa dianteira. Além disso, o holandês foi punido com cinco segundos pelo incidente.

Logo depois, Lando Norris (McLaren) tocou a parte traseira da Ferrari de Charles Leclerc e tirou da pista o monegasco, que protagonizou desde então uma espetacular recuperação do último lugar até terminar na quarta posição.

Com Russell firme na ponta, a primeira metade da corrida terminou com o mexicano Sergio Pérez (Red Bull) e Sainz na segunda e terceira posições, com Hamilton em quarto e Fernando Alonso (Alpine) em quinto.

Na parte final, Hamilton, vencedor três vezes no Brasil e que buscava uma vitória para se tornar o primeiro piloto da história a vencer pelo menos uma corrida em 16 temporadas consecutivas, mostrou toda sua experiência e qualidade e conseguiu superar Sainz e Pérez, chegando à segunda posição na 45ª volta.

- Outra vez o safety car -

A ameaça de chuva voltou a aparecer no céu de Interlagos, mas caíram apenas algumas gotas que não provocaram nenhuma ocorrência na corrida.

Um novo incidente com Lando Norris (falha no motor) deixou seu carro parado na pista na 51ª volta e o 'safety car' entrou em ação pela segunda vez, o que reduziu a distância entre os pilotos e abriu a luta pelo pódio.

No entanto, Russell, de 24 anos, continuou voando até a vitória, enquanto Hamilton se manteve seguro na segunda posição e, na terceira, Pérez foi perdendo força e acabou chegando em sétimo, ultrapassado por Sainz, Leclerc, Alonso e Verstappen.

"Não sei o que dizer. Todas as lembranças da minha carreira estão passando por mim agora. Fazer parte desta equipe... tenho muitas pessoas a agradecer", disse um emocionado Russell depois da vitória.

A temporada 2022 do Mundial de Fórmula 1 termina no próximo domingo, com a 22ª e última corrida do ano, em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos).

Classificação do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1:

1. George Russell (GBR/Mercedes) 1h38:34.044

2. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) +1.529

3. Carlos Sainz (ESP/Ferrari) +4.051

4. Charles Leclerc (MON/Ferrari) +8.441

5. Fernando Alonso (ESP/Alpine) +9.561

6. Max Verstappen (HOL/Red Bull) +10.056

7. Sergio Pérez (MEX/Red Bull) +14.080

8. Estéban Ocon (FRA/Alpine) +18.690

9. Valtteri Bottas (FIN/Alfa Romeo) +22.552

10. Lance Stroll (CAN/Aston Martin) 23.552

11. Sebastian Vettel (ALE/Aston Martin) +26.183

12. Guanyu Zhou (CHN/Alfa Romeo) +29.325

13. Mick Schumacher (ALE/Haas) +29.899

14. Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) +31.867

15. Alexander Albon (TAI/Williams) +36.016

16. Nicholas Latifi (CAN/Williams) +37.038

17. Yuki Tsunoda (JPN/AlphaTauri) +1 volta

Volta mais rápida da corrida: George Russell (GBR/Mercedes) 1:13.785 na 61ª volta

Abandonos:

Kevin Magnussen (DIN/Haas): acidente na 1ª volta

Daniel Ricciardo (AUS/McLaren): acidente na 1ª volta

Lando Norris (GBR/McLaren): problema mecânico na 52ª volta

prb/cb