General Mourão pede contratação de Joel Santana para assumir o Flamengo: 'Com 'pode to be' e tudo'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Flamengo acertou a saída de Domènec Torrent nesta segunda-feira após 98 dias no cargo. Com Rogério Ceni encaminhado para assumir o comando já nesta terça-feira, nem todo torcedor concordou com a provável chegada do novo treinador. Inclusive o vice-presidente Hamilton Mourão, que pediu um velho conhecido.

Em entrevista concedida à "Band News" na noite desta segunda-feira, o General do Exército Brasileiro e braço direito de Jair Bolsonaro fez campanha pela contratação de um medalhão do futebol brasileiro: Joel Santana.

- Com 'pode to be' e tudo (risos) - afirmou.

Rubro-negro declarado, Mourão também criticou a passagem do catalão Torrent no comando da equipe carioca. A frágil defesa, a segunda pior do Campeonato Brasileiro, foi o foco de sua rejeição ao treinador.

- Não pode levar 10 gols em três dias. Um técnico que reorganize a defesa vai para o 10, porque o ataque não precisa treinar, faz gol de qualquer jeito - concluiu.