Geisy fala para as mulheres: 'Sou amiga, não ameaça'

Yahoo Vida e Estilo
Geisy Arruda (Foto: Reprodução/Instagram @geisy_arruda)
Geisy Arruda (Foto: Reprodução/Instagram @geisy_arruda)

Geisy Arruda termina a década descansando ao lado da família. Durante as férias em Portugal, a modelo encontrou tempo na rotina “comum” para refletir sobre a carreira e a vida em entrevista ao YahooEla completou 10 anos de carreira em outubro de 2019 e, hoje, se enxerga muito mais forte do que na época da polêmica do vestido pink.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Era uma menina, mas amadureci. Tenho experiências de vida, sou independente, segura e me orgulho muito da mulher que me tornei”, diz. Mas nem tudo são flores da trajetória da morena. Geisy é alvo de críticas até hoje por falar de sexo e prezar pela sua liberdade. “Me amam ou me odeiam por causa da minha autoestima. Mas já apanhei tanto que me tornei uma rocha”, dispara.

Leia também

A musa revela que foi em 2019 que começou a ganhar mais dinheiro na internet. Ela assumiu a profissão de influenciadora digital, passou a comercializar as redes sociais e criou um canal no YouTube para falar de... Sexo, claro. “Dancei conforme a música”, brinca.

Mais presente na mídia do que nunca, Geisy voltou a ser atacada com frequência pelos haters. Ela conta, inclusive, que são as mulheres que costumam julgá-la na internet. “Acham que quem fala sobre sexo é profissional do sexo. Não é errado gostar e falar, não é errado sentir prazer”, declara.

Geisy Arruda (Foto: Reprodução/Instagram @geisy_arruda)
Geisy Arruda (Foto: Reprodução/Instagram @geisy_arruda)

Apesar de ver o cenário melhorando, ela não culpa as mulheres por criticá-la e espera que, um dia, elas passem a consumir seu conteúdo para aprender sobre sexo. “É cultural: fomos educadas para cuidar da casa, dos filhos e procurar um marido rico ao invés de trabalho. Mas quero que elas me vejam como uma amiga, não como uma ameaça para o casamento. Elas têm mais a ganhar com isso”, diz.

“Eu sou a minha inspiração”

Geisy não é uma pessoa que tem ídolos. Sua grande inspiração? “Vocês falam muito de inspiração. Eu sou minha inspiração”, brinca. “Na verdade é a minha mãe, que educou quatro filhos”, afirma.

No entanto, ela tem uma “convidada dos sonhos” para o seu canal no YouTube. “Queria entrevistar a Mia Khalifa. Ela não tem o padrão das atrizes pornôs e é uma febre na internet... Fico impressionada com o quanto ela é criativa”, finaliza.

Leia também