Gaviões Alvinegros e Mancha Azul se mostram divididas por participação em protestos

Futebol Latino
LANCE!


As duas maiores torcidas de Avaí e Figueirense, Mancha Azul e Gaviões Alvinegros, respectivamente, estão atentas a movimentação de torcida organizadas que ocorreu na cidade de São Paulo no último fim de semana com a alegação de protestarem contra o racismo e possíveis atentados a democracia.

Todavia, se pensando na questão de preconceito racial ambas as partes concordam que é necessário reforçar os atos e estejam dispostas a planejar medidas nessa linha, em relação ao segundo existem divergências nas duas entidades.

Segundo declarou ao portal 'NSC Total' o diretor administrativo da Gaviões Alvinegros, Artur Medeiros, é necessário respeitar a pluralidade de opiniões políticas dentro da torcida pensando na realização de um ato desse tipo:

- Recebemos comentários de todo o Sul. Como na sociedade, temos todos os lados nas organizadas, na verdade as torcidas refletem o que vemos nela. Por isso, temos de tudo. Porém, há grupos antifascistas que estão se organizando. Mas ainda não posso afirmar que terá em Santa Catarina.

Por parte da Mancha Azul, quem falou ao mesmo veículo foi o também diretor administrativo José Carlos Silva Júnior onde a ideia de respeito as divergências parece ser a atitude tomada no momento:

- Não podemos impor que os associados tomem partido por lado A ou B referente à política partidária. Cada um possui sua ideologia, sua vertente, temos pessoas ligadas a partidos e movimentos de todas as vertentes dentro da torcida, que se respeitam e sabem que o objetivo da nossa existência é apoiar o Avaí. Entendemos a importância e não abrimos mão de viver dentro de um estado democrático de direito, até porque, fora desse estado, nós não existiremos.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também