Gattuso: emoção e promessa após a conquista da Copa da Itália


Após o comandar o Napoli na conquista da Copa da Itália, nesta quarta-feira, o treinador Gattuso não escondia a emoção pelo título e por estar ao lado de parentes, numa homenagem à sua irmã de 37 anos (Francesca) , que morreu no dia 2/6.

- A vida me deu mais do que eu imaginava, o futebol me transformou em homem, mas dediquei muito menos para a família. A morte da minha irmã foi muito difícil, você nunca digere - disse Gattuso após o 0 a 0 no tempo normal e o triunfo por 4 a 2 nos pênaltis.

Sobre o jogo, ele disse que a conquista mostrou a força do Napoli e que a temporada não acaba com o sexto caneco da Copa da Itália (os demais foram em 1962, 1976, 1987, 2012 e 2014).

- Somos campeões. E os sonhos são muito importantes na vida: nosso dever é fazer esses últimos 12 jogos com respeito. Temos muitos jogadores, todos terão espaço, temos o dever de tentar se qualificar para a Liga dos Campeões - disse Gattuso, lembrando que o Napoli está em sexto lugar no Italiano com 39 pontos e como há 12 rodadas em jogo, espera alcançar o time que está em quanto lugar,com 48 (última vaga para a Champions).

Já o presidente do Napoli, Aurélio De Laurentiis, estava muito animado e disse que a pandemia fez os jogadores ainda mais focados neste reinício de jogos na Itália.

- Napoli é o único que consegue desafiar a Juventus, ainda que não temos condições de vencê-lo no Scudetto. A vaga Liga dos Campeões? Sonhos são importantes. Esta Covid, com todo respeito pelas vítimas, estimulou o mundo inteiro, onde todos estão prontos para recomeçar e começar mais forte. Isso acontece com a gente - disse.











Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também