Gasly se diz "surpreso" mas "não desapontado" por não ser considerado para vaga na Red Bull

Alex Kalinauckas
·3 minuto de leitura

Após a confirmação de que seguirá com a AlphaTauri para a temporada 2021 da Fórmula 1, Pierre Gasly se diz "surpreso" por ver que nem chegou a ser considerado para a segunda vaga na Red Bull mesmo com a vitória em Monza, mas insiste que "não está desapontado".

O anúncio foi feito pela equipe nesta semana e, com isso, o francês seguirá com a AlphaTauri pela segunda temporada consecutiva, além da passagem anterior pela Toro Rosso, que incluem cinco corridas em 2017, toda a temporada 2018 e a volta em 2019 após a troca com Alex Albon no meio do ano.

Leia também:

Pérez pressiona Red Bull por vaga na F1 2021: "Não posso esperar" F1: Renault anuncia que Alonso fará teste no Bahrein com carro de 2018 Ecclestone cutuca campanha antirracismo da Mercedes: "Preferia ver eles contratando mais negros"

Após a vitória de Gasly no caótico GP da Itália, ele disse que estava pronto para voltar à Red Bull. Na ocasião, ele tornou-se o segundo piloto a vencer com a equipe, que já foi chamada de Minardi e Toro Rosso anteriormente, juntando-se a Sebastian Vettel, que também venceu o GP da Itália, em 2008.

Quando perguntado pelo Motorsport.com se estava desapontado por não ter sido promovido de volta à Red Bull, Gasly disse: "Não estou desapontado, mas posso dizer que estou surpreso".

"Em 14 anos, Seb venceu com a Toro Rosso e agora eu sou o segundo. No ano seguinte, ele ganhou a vaga na Red Bull e acabou vencendo quatro mundiais com eles. Então fiquei surpreso ao ver que não fui considerado".

"Eu conquistei dois pódio com a Toro Rosso, acredito que essa temporada está indo bem do meu lado e o que eu posso fazer é dar o meu melhor para poder criar oportunidades para o futuro".

"É a única coisa que eu posso fazer. Tudo está se encaminhando, não acho que preciso pensar mais nisso agora, só preciso tirar o máximo com a AlphaTauri. Estou feliz por estar aqui e estou focado no final de semana, tentando tirar o melhor resultado possível".

Sobre sugestões de que seu passado entrou no meio da decisão da Red Bull de não trazê-lo de volta, Gasly disse: "Não sei".

Quando perguntado se Helmut Marko, consultor da Red Bull, tinha explicado o processo da tomada de decisão que terminou com ele na AlphaTauri, Gasly disse: "Eles têm suas estratégias. Tudo depende deles. Se vocês quiserem uma resposta melhor, é melhor perguntar diretamente para eles".

"Mas, do meu lado, faz algum tempo que ficou claro que eu seguiria com a equipe. E não estou desapontado. Acredito que nossa performance está em um alto nível, consigo mostrar meu potencial, minha velocidade, minhas habilidades".

"Tenho 24 anos de idade, obviamente meu objetivo é lutar para chegar na frente e um dia brigar pelo campeonato, mas no momento, só preciso entregar boas performances, dar o meu melhor com a equipe pela qual estou no momento".

"Não estou desapontado. Estou muito feliz de seguir com a AlphaTauri por mais um ano. Seguirei dando o meu melhor pela equipe".

Todas as notícias sobre o GP de Ímola de F1 você acompanha no site do Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises, além de conferir nossos programas e vídeos!

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Norris ironiza e diminui recorde de Hamilton, mas volta atrás e pede desculpas

PODCAST: É bom negócio ser companheiro de Max Verstappen na Red Bull?

Your browser does not support the audio element.