Gareca diz que Boca Juniors pediu informações sobre Paolo Guerrero

AFP
Paolo Guerrero defende o Peru contra o Uruguai, 11 de outubro de 2019 em Montevidéu
Paolo Guerrero defende o Peru contra o Uruguai, 11 de outubro de 2019 em Montevidéu

O técnico da seleção peruana, Ricardo Gareca, revelou nesta quinta-feira que o popular clube argentino Boca Juniors pediu informações sobre o atacante Paolo Guerrero, do Internacional.

"O Boca me pediu referências dele (Guerrero), não tanto no plano futebolístico, porque nesse aspecto já se sabe, mas sim como ele é", afirmou o treinador argentino em coletiva de imprensa.

Gareca admitiu que "gostaria" que Guerrero fosse jogar na Argentina. "Em um clube do tamanho do Boca Juniors, ele sempre manterá o nível de competição", explicou.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O técnico lembrou também que o atacante peruano, de 35 anos, já atuou no Flamengo e no Corinthians, os dois clubes mais populares do Brasil, mas que a decisão de ir para a Argentina "é uma decisão dele".

"O futebol argentino não é tão diferente do brasileiro, pois ambos são muito competitivos. A única diferença é que o futebol brasileiro não para nunca", analisou Gareca.

De acordo com a imprensa argentina, um representante do Boca Juniors viajou ao Brasil para se reunir com dirigentes do Internacional no intuito de conhecer as condições para que Guerrero se transfira para o clube 'xeneize'.

Para Gareca, o desafio de Guerrero é continuar traçando metas: "Não é só ele que vai se beneficiar com isso, nós também vamos", concluiu o técnico do Peru.

Leia também