Garantidos nas oitavas da Libertadores, Flamengo e Vélez duelam por liderança do grupo G

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
(arquivo) Gabigol comemora após marcar um gol de pênalti contra o Vélez Sarfield em jogo da fase de grupos da Libertadores no estádio José Amalfitani de Liniers, Buenos Aires em 20 de abril de 2021
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O líder Flamengo e o segundo colocado Vélez Sarsfield, já classificados para as oitavas de final da Copa Libertadores 2021, lutam nesta quinta-feira pelo primeiro lugar do grupo G.

Não é um incentivo menor: o primeiro da chave enfrentará o segundo de outro grupo, um adversário (a ser decidido por sorteio) que terá tido um desempenho pior no torneio.

Para o time carioca, com 11 pontos, basta um empate no Maracanã, enquanto o argentino Fortín, com 9 pontos, precisa da vitória para terminar na liderança do grupo.

- Flamengo animado -

Os rubro-negros, campeões em 2019 de sua segunda Libertadores e hoje um dos times mais poderosos do continente, chegam animados, após terem conquistado no fim de semana o campeonato carioca.

Na semana passada perdeu a oportunidade de garantir o primeiro lugar com o empate que arrancou no fim da partida com a LDU (2-2), em casa, em um novo exemplo da turbulência em seu setor defensivo que o time atravessa há semanas.

Para este duelo, técnico Rogério Ceni poderá poupar, se quiser, vários jogadores, pensando no início do Brasileirão no próximo final de semana, torneio que venceu nas duas últimas edições.

Ceni tem dois de seus titulares suspensos: o zagueiro William Arão e o atacante Bruno Henrique.

Para substituir Arão, ele pode contar com Gustavo Henrique. E para Bruno Henrique ele poderá utilizar Pedro novamente para acompanhar o astro Gabigol, em uma combinação explosiva reivindicada pela torcida.

O goleiro Diego Alves também voltou aos treinos, mas sua presença em campo não está garantida.

Quem não vai estar disponível é o lateral-esquerdo René, ainda se recuperando de uma lesão.

No lugar dele o time terá o volante Gerson, jogador cobiçado pelo francês Olympique de Marselha comandado pelo argentino Jorge Sampaoli, que, segundo a imprensa local, está perto da contratação.

- Vélez de olho na liderança -

Diante de um dos times que mais marcaram gols na fase de grupos, Mauricio Pellegrino terá que fazer um jogo mais agressivo se quiser que o Vélez, que conquistou uma Libertadores em 1994, termine em primeiro.

O técnico poderá contar com o meia Federico Mancuello, após ter sido substituído na semana passada contra o chileno Unión La Calera.

Mas não terá o jovem Florián Monzón, que ficou no banco de reservas na semana passada e testou positivo para o coronavírus. No Twitter, o time argentino anunciou que o restante do elenco testou negativo, descartando assim um surto.

A isso se soma o desfalque do meia Ricky Álvarez, recentemente operado no joelho, que ficará fora dos gramados nos próximos dois meses.

A partida será disputada às 21h (horário de Brasília), com arbitragem do uruguaio Leodán González auxiliado por seus compatriotas Richard Trinidad e Andrés Nievas.

- Possíveis escalações:

Flamengo: Diego Alves - Matheuzinho, Bruno Viana, Gustavo Henrique, Ramon - João Gomes, Gerson, Vitinho, Arrascaeta - Gabigol, Pedro. Técnico: Rogério Ceni.

Vélez Sarsfield: Lucas Hoyos - Tomas Guidara, Lautaro Giannetti, Luis Abram, Francisco Ortega – Santiago Cáseres, Pablo Galdames - Agustín Bouzat, Thiago Almada, Lucas Janson - Juan Lucero ou Cristian Tarragona. Técnico: Mauricio Pellegrino.

jm/js/ol/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos