Ganso reclama após substituição no Fluminense; Roger minimiza episódio: 'Precisamos deixar de polemizar'

·1 minuto de leitura


Um momento chamou a atenção na derrota do Fluminense para o Grêmio por 1 a 0, no Maracanã, neste domingo. De acordo com o repórter que fazia a transmissão da partida no Premiere, o meia Paulo Henrique Ganso demonstrou insatisfação após deixar o campo para a entrada de John Kennedy, aos 24 minutos do segundo tempo.

+ ATUAÇÕES: Gabriel Teixeira se salva na derrota do Fluminense para o Grêmio; Calegari é o pior do jogo

- Toda vez que tem substituição sou eu que saio. Sempre eu, sempre eu - teria dito o camisa 10.

Em entrevista coletiva, o técnico Roger Machado colocou "panos quentes" na situação e minimizou a reclamação, pedindo para que não fosse criada uma polêmica em relação à questão.

Veja a tabela do Brasileirão

- Precisamos também deixar de polemizar as questões quando os atletas saem de campo substituídos. Antes eram três que saíam sem gostar, agora são cinco. Aumentou o número. O jogador não gosta de sair, é fato, ainda mais quando ele acredita que está se sentindo bem em campo. E 90% se sentem bem. Tem um momento que o treinador decide pela saída. Não vi nada demais na saída. O atleta tem todo direito de não se sentir confortável. Vamos seguir e não colocar algo onde não existe - afirmou o treinador.

O Fluminense é o oitavo colocado do Brasileirão, com 17 pontos, mas ainda pode cair dependendo dos outros resultados da rodada. A equipe volta a entrar em campo na próxima terça-feira, às 19h15 (de Brasília), no duelo de volta das oitavas da Libertadores contra o Cerro Porteño. A ida foi 2 a 0 para o Tricolor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos