Ganhador da loteria 'some' e perde prêmio de R$ 72 milhões na Alemanha

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Ein Lottoschein wird am Donnerstag, 29. Januar 2009, in einer Lotto-Annahmestelle in Frankfurt am Main ausgefuellt. Der dritthoechste Jackpot in der Geschichte ist wieder nicht geknackt worden. Der Inhalt des Gewinntopfs fuer die Ziehung am kommenden Samstag steigt damit auf rund 35 Millionen Euro an, wie die federfuehrende Staatliche Toto-Lotto GmbH Baden-Wuerttemberg am Donnerstag in Stuttgart mitteilte. (AP Photo/Michael Probst) ** zu APD1684 ** --- A Lotto ticked is filled in a shop in Frankfurt, central Germany, Thursday, Jan. 29, 2009, after the Jackpot rose up to 35 Million Euros (about US dlrs 45.7 million).  (AP Photo/Michael Probst)
Após 3 anos e meio do sorteio, bilhete premiado não foi apresentado e o valor de 11,3 milhões de euros voltará para os cofres da loteria. (Foto: AP Photo/Michael Probst)

Um apostador ou uma apostadora na Alemanha jogou fora sua oportunidade de ganhar um prêmio milionário ao não se apresentar, até o dia 31 de dezembro de 2020, com o bilhete premiado para retirada do dinheiro.

O valor? Cerca de 11,3 milhões de euros — avaliado em aproximadamente R$ 72,6 milhões.

“Mesmo após uma longa busca, ainda desejaríamos sinceramente poder pagar o prêmio ao felizardo”, disse nesta segunda-feira (4), Georg Wacker, diretor da loteria estatal Toto-Lotto do estado de Baden-Württemberg, à agência de notícias AFP.

O comprador ou compradora do bilhete teve 3 anos e meio para requisitar o prêmio, sorteado no dia 1º de abril de 2017. De acordo com o jornal “Münchner Merkur”, o bilhete foi comprado entre 29 de março e 1º de abril de 2017.

Leia também

Após do sorteio, a loteria publicou dados para indicar o vencedor em uma rede social, incluindo a sua provável localização. A compra havia sido feita na cidade de Reutlingen, com cerca de 116 mil habitantes, localizada próxima a Stuttgart, no sul da Alemanha.

Como o bilhete foi comprado anonimamente em uma casa lotérica, e não online ou por um assinante registrado, a empresa não tinha como localizar o ganhador.

Segundo a lei alemã, o direito a um prêmio de loteria expira três anos após o fim do ano do sorteio. Sem um reclamante, o dinheiro retornará aos cofres da loteria, a fim de ser sorteado em extrações futuras, tanto em espécie como convertido em carros.

O diretor da Toto-Lotto confirma não ser incomum prêmios deixarem de ser coletados, porém o caso é raro quando se trata de grandes ganhos. Isso "só acontece de anos em anos". “Nunca soube de uma quantia tão grande deixar de ser coletada na Alemanha”, disse Wacker.