Galvão lamenta não ter narrado gol do Flamengo: “Vai me fazer falta na vida não ter narrado”

·1 minuto de leitura
Galvão lamentou não poder narrar gol de Bruno Henrique contra o Barcelona do Equador / Foto: Reprodução
Galvão lamentou não poder narrar gol de Bruno Henrique contra o Barcelona do Equador / Foto: Reprodução

Galvão Bueno foi mais um a elogiar o bom futebol praticado pelo Flamengo nos últimos jogos. O narrador fez questão de exaltar o gol de Bruno Henrique, que fechou a vitória por 2 a 0 do Rubro-Negro contra o Barcelona do Equador, pela semifinal da Copa Libertadores.

Leia também:

Durante o “Bem, Amigos!” dessa segunda-feira, 4, Galvão ficou surpreso com a jogada que resultou na finalização do atacante. Ele confessou que esse é um gol que vai lhe fazer falta na vida não ter narrado. “O segundo gol do Flamengo contra o Barcelona é um gol que eu digo assim: vai me fazer falta na vida não ter narrado esse gol. É um gol que a bola passa pelos 11 jogadores do Flamengo em 12 passes”, analisou.

“É tudo de primeira, só o Everton que dá dois toques na bola para fazer o gol. É o maior gol de almanaque que eu já vi na vida. Há muitos anos não vejo nada na Europa tão perfeito”, afirmou.

Galvão não teve a oportunidade de narrar os jogos do Flamengo na Libertadores justamente pela Globo não ser detentora dos direitos de transmissão da competição continental.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos