Galvão fala sobre demissão de Domènec Torrent: 'Culpa é da direção do Flamengo'

LANCE!
·1 minuto de leitura


A segunda-feira foi bastante movimentada no futebol brasileiro. Os dois líderes do Campeonato Brasileiro tiveram seus treinadores deixando os clubes, com Coudet pedindo o boné no Internacional e o Flamengo demitindo Domènec Torrent.

Galvão Bueno abordou a saída do catalão do clube carioca e apontou o culpado pela rápida passagem do ex-auxiliar de Pep Guardiola pela Gávea: a diretoria rubro-negra.

- Ela demorava para mexer, mexia mal, deu no que deu. A culpa não é do Dome, a culpa é da direção do Flamengo, que trouxe o Dome. A insistência de ter um técnico europeu, fez com que o Flamengo tivesse uma má escolha - afirmou durante o "Bem, Amigos!'.

Galvão também falou sobre a falha experiência da contratação do treinador, que só havia tido uma experiência na função antes do Fla. Segundo o narrador, Domènec só foi contratado por conta das recusas de Leonardo Jardim e Carlos Carvalhal.

- Eu venho falando desde o início do processo, que desde o sucesso do Mister, precisavam buscar o técnico com concepção, igual ou parecida com a que o Jesus tinha. Eu não concordava desde o início com a busca por um passaporte europeu. Foi atrás do Leonardo Jardim, depois tentou o Carlos Carvalhal, nenhum deu certo e aí foi atrás do 'aprendiz do feiticeiro (Pep Guardiola) - completou.