Galo vai à Bolívia encarar Sport Boys e buscar classificação na Liberta

O Atlético tem um novo desafio pela frente. Após o empate com o Cruzeiro, por 0 a 0, no Mineirão, pela partida de ida da final do Campeonato Mineiro, agora é a vez de enfrentar o Sport Boys, na Bolívia, para garantir a classificação para a próxima fase da Copa Libertadores.

Pelo Grupo 6 do torneio continental, o Galo pode deixar a Bolívia com a classificação assegurada, caso vença o Sport Boys e o Godoy Cruz também faça três pontos diante do Libertad, no outro duelo do grupo. O goleiro Victor espera uma partida difícil diante dos últimos colocados do grupo.

“A gente vai para campo pensando que vai encontrar dificuldades. Você pega uma equipe sem muita responsabilidade, pode ser perigoso. Às vezes arrisca mais, fazem jogadas diferentes, pode ser perigoso. Temos que pensar em fazer nosso melhor, focar nisso, sabendo que qualquer adversário pode nos oferecer perigo, por mais desfavorável que seja a condição na tabela. Isso que a gente tem que pregar”, destacou o goleiro Victor.

Para a partida, o Galo não poderá contar com Marlone, que vem sendo escalado por Roger Machado. Com isso, a expectativa está se o treinador vai optar por colocar Otero, mantendo, assim, basicamente, o mesmo estilo de jogo, ou se vai com Cazares, dando mais qualidade ao toque de bola.

Apesar de ir jogar na Bolívia, país onde historicamente os brasileiros sofrem por causa da altitude, o Galo não terá este problema. O jogo será disputado em Santa Cruz de La Sierra, que está pouco mais de 400 m acima do nível do mar.

Sport Boys em dificuldades

O Sport Boys entra em campo em momento bastante conturbado. A equipe é a última da chave da Liberta, com apenas um ponto somado e três derrotas na bagagem. Além disso, a equipe já está há um mês sem uma vitória. Já são cinco jogos, com quatro derrotas e um empate.

FICHA TÉCNICA

SPORT BOYS X ATLÉTICO

Local: Estádio Samuel Vaca Jimenez, Warnes, Santa Cruz de La Sierra (BOL)

Data: 03 de maio, quarta

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Jesus Valenzuela

Assistentes: Carlos Lopez e Elbis Gomez

SPORT BOYS – Carlos Arias Eguez, Grenddy Perozo, Alejandro Villarroel, Rivarola, Cristhian Arias, Capdevila, Danny Yañez, Leandro Pessoa, Alexis Messidoro, Carlos Tenorio e José Parada.

Técnico: Pabro Caballero.

ATLÉTICO – Victor, Marcos Rocha, Leo Silva, Gabriel, Fábio Santos, Rafael Carioca, Elias, Robinho, Maicosuel, Otero e Fred.

Técnico: Roger Machado.