Galo vacila em Salvador, perde para o Vitória e vê o G-4 mais de longe

Valinor Conteúdo
LANCE!
A tarde da equipe atleticana não foi boa em Salvador (Foto: MAURICIA DA MATTA / EC VITÓRIA)

Galo vacila em Salvador, perde para o Vitória e vê o G-4 mais de longe

A tarde da equipe atleticana não foi boa em Salvador (Foto: MAURICIA DA MATTA / EC VITÓRIA)


Pelo segundo jogo seguido, o Atlético-MG perdeu a chance de se aproximar dos líderes do Campeonato Brasileiro. Após o empatar em casa com o Vasco, o Galo acabou derrotado pelo Vitória, em Salvador, por 1 a 0. Léo Ceará marcou o único gol da partida, aos 23 minutos do segundo tempo.

O triunfo foi um alívio para os baianos, que não venciam há cinco partidas. Outro suspiro do Leão é dormir fora da zona do rebaixamento. Os 22 pontos na tabela colocaram o Vitória na 13ª posição. Já o Galo não perde o sexto lugar, mas está a 11 pontos do líder São Paulo, dificultando ainda mais sua missão de lutar pelo título.

O Vitória volta a campo no próximo sábado, às 16 horas, contra o América-MG, no Barradão. Mais tarde, às 21 horas, o Atlético-MG encara o Corinthians em São Paulo.

Início com pressão do Galo

Com um minuto de jogo, Ricardo Oliveira recebe na cara do gol e chuta para fora. O alvinegro estava bem articulado em campo e tramava boas jogadas. Elias também ficou cara a cara com o goleiro Ronaldo, mas desperdiçou. Após o lance do volante, a equipe do Galo começou a ficar tensa em campo.

Vitória se defende

Enquanto o Atlético-MG atacava e buscava o gol, os baianos se seguravam na defesa. O goleiro Ronaldo fez duas boas defesas e fechou o primeiro tempo sem ter suas redes vazadas.

Luan para mudar o jogo

No intervalo, Thiago Largui sacou Nathan e colocou Luan para dar melhor movimentação à equipe. O time ficou mais ativo no ataque,mas ainda não conseguia ser ineficaz na hora de finalizar. Elias teve outra chance de cabeça, mas a bola foi para fora.

Ricardo Oliveira sai do jogo

Em uma tarde ruim, o Pastor não conseguiu concluir as jogadas que chegavam. Além do gol perdido no segundo tempo, o centroavante teve outra boa oportunidade no segundo tempo, também desperdiçada. Denílson entrou, mas pouco acrescentou.

Quem não faz...

Aos 23 do segundo tempo, Chará perdeu uma bola no ataque, Neílton puxou o contra-ataque e tocou Lucas Fernandes pela direita. O meia chutou na trave e, no rebote, Léo Ceará fez o gol da partida. Castigo para o Galo e mérito de Carpegiani, que fez mudanças que resultaram na melhora dos baianos.

Nova pressão do Galo

A bola parecia queimar nos pés do jogadores do Atlético-MG. Os lances aconteciam mais na vontade do que na organização do time. Aos 44 do segundo tempo, Cazares tentou acertar do meio de campo e quase empatou o jogo. O melhor ataque do campeonato passou em branco pela segunda vez seguida.


FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1 X 0 ATLÉTICO-MG

Data/Horário: 26/8/2018, às 16h
Local: BARRADÃO, em SALVADOR (BA)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Luís Marques e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)
Público e renda: .323 / R$ 2..528

Cartões amarelos: José Welison (ATL),Iago Maidana (ATL), Chará (ATL), Léo Ceará (VIT), Jéferson(VIT),

Gol: Léo Ceará -23'/2ºT (1-0)


VITÓRIA-BA: Ronaldo, Jéferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Marcelo Benitez; Rodrigo Andrade(Willian Farias- 15' 2º T),Léo Gomes, Neílton e Léo Ceará; Yago(Bryan-36'-2º T) e Rhayner(Lucas Fernandes-intervalo) Técnico: Paulo César Carpegiani

ATLÉTICO-MG: Victor, Emerson, Gabriel, Iago Maidana e Fábio Santos; José Weliso(Lucas Cândido-intervalo) Elias, Nathan (Luan- intervalo) e Cazares; Chará e Ricardo Oliveira(Denílson-29' 2] T). Técnico: Thiago Larghi















































Leia também