Galo tenta devolver Roger Guedes, mas Palmeiras rejeita

Yahoo Esportes
<em>Atacante tem só três gols em 14 jogos pelo Atlético-MG (Telmo Ferreira/Gazeta Press)</em>
Atacante tem só três gols em 14 jogos pelo Atlético-MG (Telmo Ferreira/Gazeta Press)

Pouco mais de cem dias após chegar ao Atlético-MG, Roger Guedes já está com o filme completamente queimado no lado preto e branco de Belo Horizonte. Tanto que o Galo procurou a diretoria do Palmeiras para afirmar que pretende devolvê-lo já, apesar de o empréstimo só terminar em dezembro.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Porém, no contrato fechado entre os clubes, em janeiro, criou-se uma cláusula que permite ao Verdão recusar a devolução do atacante. E o presidente alviverde Maurício Galiotte está decidido a utilizar tal opção.

“O Roger Guedes não volta para cá de jeito nenhum. Não cabe no nosso elenco hoje”, assegura um aliado de Galiotte. O “não” se deve a problemas criados pelo atacante com alguns dos atletas do elenco palmeirense durante a temporada passada, que fizeram o Verdão procurar clube para o atacante – ele chegou a ser alvo de um trote diante das câmeras.

Na Cidade do Galo, Roger Guedes também coleciona confusões. Ele já havia se desentendido com o técnico Thiago Largui, depois de reclamar de uma substituição, e quase foi às vias de fato com o meia Tomás Andrade, durante um treino. A gota d’água ocorreu no domingo, quando errou um passe de calcanhar no campo de ataque, originando o gol da derrota para o Vasco, por 2 a 1, nos acréscimos.

Para não ter mais de ficar com Roger Guedes, o Atlético-MG precisará encontrar um clube interessado em assumir o empréstimo até o fim do ano. Existe até o risco de o Galo ficar responsável por parte dos salários do atacante, caso ninguém se disponha a bancar 100% dos vencimentos de Roger durante um futuro empréstimo.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui:

Leia também