Atlético-MG sai na frente, mas perde de virada para o Atlético-GO e vê sequência invicta terminar

·3 min de leitura
GO - Goiania - 17/10/2021 - BRASILEIRO A 2021 ATLETICO-GO X ATLETICO-MG - Hulk jogador do Atletico-MG lamenta derrota ao final da partida contra o Atletico-GO no estadio Antonio Accioly pelo campeonato Brasileiro A 2021. Foto: Heber Gomes/AGIF

De virada, o Atlético-GO venceu o líder Atlético-MG por 2 a 1, gols de Janderson e Oliveira, com Nathan Silva marcando para o time mineiro. A derrota do Galo encerrou uma longa invencibilidade de 18 jogos da equipe no Brasileirão. O duelo foi disputado neste domingo, 17 de outubro, em Goiânia, pela 27ª rodada.

O Dragão foi mais eficiente na maior parte do jogo do que o Alvinegro, que fez mais um jogo oscilante, tendo bons e maus momentos. O resultado não tira o Atlético-MG da liderança, que segue na ponta com 56 pontos, mas pode ver a diferença cair caso o Flamengo derrote o Cuiabá na sequência da rodada.

Leia também:

Para os goianos, vencer a melhor equipe da competição significou acabar com um jejum de 10 jogos sem conseguir a vitória e ainda subir na classificação, chegando aos 34 pontos, na 10ª colocação.

Primeiro tempo sem grandes emoções, com o Galo apático

O Atlético-GO teve mais o controle do jogo na etapa inicial, tendo as melhores chances, fazendo o goleiro Everson trabalhar bastante. O time de Cuca não conseguia se organizar bem.

Galo na frente, mas com pouco merecimento

O gol de Nathan Silva deu a sensação que o Atlético-MG poderia melhorar seu desempenho em campo. Foi um lance isolado, do que uma construção da equipe para que o gol saísse. O Atlético-GO não merecia estar perdendo naquele momento.

Empate, virada e fim de jejum

Se aproveitando que o Galo estava disperso e longe do seu melhor futebol, Janderson e Oliveira deram os três pontos em uma virada emocionante para o Dragão, que acabou com o jejum de vitórias em seus domínios.

“Gordura queimada”, mas é hora de ficar atento

O Atlético-MG tem uma vantagem que permite ter momentos de falhas. Mas, como a reta final da competição está chegando, o Galo não pode mais vacilar se quiser garantir o sonhado título nacional. 

Próximos jogos

O Galo volta a campo pelo Brasileiro no domingo, 24 de outubro, às 16h, contra o Cuiabá, no Mineirão. Antes, na quarta-feira, 20, encara o primeiro duelo das semifinais da Copa do Brasil diante do Fortaleza, em BH. A volta será no dia 27, na capital cearense. Já o Dragão vai enfrentar o Fortaleza, no sábado, 23,às 19h15, no Castelão. 

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
ATLÉTICO-GO 2 x 1 ATLÉTICO-MG

Data: 17 de outubro de 2021
Horário: 18h15 (de Brasília)
Local: Antônio Accioly, Goiânia (GO)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)
VAR: Péricles Bassols Pegado Cortez (SP)
Gols: Nathan Silva, aos 13’-2ºT(0-1), Janderson, aos 19’-2ºT(1-1), Oliveira, aos 35’-2ºT(2-1)
Cartões amarelos: Zé Roberto (ATG)
Cartões vermelhos: não houve
Público e renda: não divulgados

ATLÉTICO-GO (Técnico: Eduardo Souza)

Fernando Miguel; Arnaldo (Olveira, aos 32’-2ºT), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Gabriel Baralhas (Marlon Freitas, aos 15’-2ºT), Willian Maranhão e Janderson; André Luís (Jefferson, aos 32’-2ºT), Zé Roberto (Montenegro, aos 16’-2ºT) e Ronald (João Paulo-intervalo)

ATLÉTICO-MG (Técnico: Cuca)

Everson, Guga (Hyoran, aos 38’-2ºT), Nathan Silva, Alonso e Guilherme Arana; Allan, Tchê Tchê (Sasha, aos 24’-2ºT), Zaracho (Calebe, aos 32’-2ºT) e Nacho; Keno (Dylan Borrero, aos 24’-2ºT) e Hulk

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos